Aniversário de São Paulo reúne programação recheada de eventos gratuitos

Já virou tradição! A cada ano que passa o aniversário de São Paulo reúne uma rica programação cultural. Seja ela composta por shows, festas a céu aberto, até mesmo feiras gastronômicas e atividades culturais para toda a família. Afinal de contas não é só do mega bolo que se limitam as comemorações.

Programação esta que consegue agradar a todos os públicos e que faz com que tenhamos a vontade de sair do Netflix. Separamos por aqui alguns dos destaques do que fazer na cidade durante o feriado. Confira!

Shows

Paulinho da Viola convida Beatriz Rabello, Fabiana Cozza e Rodrigo Campos


screen shot 2019-01-23 at 14.44.25
Paulinho da Viola. – Foto Por: Marco Froner

Onde: Vale do Anhangabaú
Horário: 16 horas
Entrada: Gratuita

O show de Paulinho da Viola contará as participações especiais de Beatriz Rabello, sua filha carioca, e os sambistas Fabiana Cozza e Rodrigo Campos.

“A cidade de São Paulo faz parte da minha história desde a década de 1960. Fiz grandes amigos, alguns deles como irmãos. Nos últimos tempos, tenho me apresentado aqui todo ano, mas tocar no aniversário da cidade num show aberto ao público é algo diferente. Além de receber no palco minha filha, Beatriz Rabello, vou poder conhecer melhor também dois talentos da cidade, Fabiana Cozza e Rodrigo Campos.”, comenta Paulinho.

“Paulinho da Viola sempre foi uma referência, tanto estética, quanto de texto. Já fazia discos subvertendo a linguagem do samba, muito antes se de pensar nisso, de forma natural, pela própria estrutura de seu pensamento artístico. Discos instigantes e investigativos com composições lapidadas dentro da perspectiva do simples, diretas do nascedouro do “Filosofia”. É um sonho cantar com ele, talvez seja um dos maiores artistas de todos os tempos”, complementa o músico Rodrigo Campos sobra a oportunidade de se apresentar ao lado da lenda.

O trabalho de Paulinho hoje é visto como um elo entre diversas tradições populares como o samba, o carnaval e o choro, além de suas incursões em composições para violão e peças de vanguarda. Servindo assim como um bom aquecimento para o carnaval paulista.

No repertório do show não devem faltar grandes sucessos como “Foi Um Rio Que Passou Em Minha Vida”, “Timoneiro” e “Ame”, entre outras. O projeto idealizado com a curadoria de Karen Cunha é uma realização da Secretaria Municipal de Cultura.

Rael recebe Pabllo Vittar e Rashid


rael


Onde: Vale do Anhangabaú
Horário: 20:30h
Entrada: Gratuita

O repertório do espetáculo é composto majoritariamente por canções dos seus últimos discos. Músicas como “Ser Feliz”, “Do Jeito”, “Caminho”, e os hits “Aurora Boreal”, “Envolvidão” e “Rouxinol” dão o tom do espetáculo popular, porém sem deixar de lado composições de rap clássicas do artista como “O Hip Hop é Foda” e “Minha Lei”.

O show ainda promete a participação especial de Rashid Pabllo Vittar que serão seus convidados na festa de celebração de 465 anos da cidade de São Paulo.

Sol a Pino, Felipe S. e Arquétipo Rafa


ampli


Onde: Avenida Paulista
Horário: Das 12h às 18:30h
Entrada: Gratuita

O projeto Amplifica Rua apresenta uma série de shows realizados em plena Avenida Paulista. No dia 25, a Sol a Pino comemora o aniversário da cidade lançando o single “Verão em São Paulo” ao lado de Felipe S. (Mombojó) e Arquétipo Rafa.

Lenine


lenine
Lenine. – Foto: Divulgação

Onde: Sesc Itaquera – Palco da Orquestra Mágica
Horário: Das 15:30h às 17h
Entrada: Gratuita

Lenine apresenta o show Em trânsito: O tom é grave; o tempo é breve. O álbum foi gravado ao vivo no Rio de Janeiro, no mês de fevereiro. As músicas foram criadas em parceria com a banda que acompanha Lenine há vários anos, formada por Jr. Tostoi, Guila, Pantico Rocha e Bruno Giorgi, filho do músico.

Cvstta Fest: Mudhill & Sky Down


mud


Onde: FFFRONT
Endereço: Rua Purpurina, 199 – Vila Madalena
Horário: Das 19h às 01h
Entrada: Gratuita

Para celebrar não só o aniversário de São Paulo mas como mais um ano do skatista, baladeiro, influencer boêmio Fabricio Vegi, com apoio do RockAlt foi organizado um show que irá agradar os fãs de rock alternativo. É o CVSTTA FEST chegando à sua oitava edição com dois nomes de peso do cenário independente. Para a festa foram convocadas as bandas Mudhill e Sky Down.

Show Pagos (Porém Imperdíveis!)

Maglore


maglore


Onde: Cine Joia
Endereço: Praça Carlos Gomes, 82 – Liberdade
Horário: Das 20h às 01h
Ingressos: De R$25 a R$70

Gravação DVD no Cine Joia com participação de Helio Flanders (Vanguart)

Depois de dez anos, quatro discos lançados, turnês internacionais e shows em todas as regiões do país, a banda baiana Maglore se consolida como uma das bandas mais ativas no cenário da música brasileira contemporânea. O grupo está presente na mídia especializada como um dos mais importantes do gênero mpb/rock no Brasil, com discos que figuram entre os melhores de seus respectivos anos.

Ao longo da sua carreira, a Maglore se apresentou nos principais festivais de música nacionais e internacionais — Lollapalooza, Festival de Verão Salvador, SXSW (EUA), Brazil Summerfest (EUA), entre outros.

Depois de mais de sessenta shows da turnê do mais recente álbum, Todas as Bandeiras, Teago Oliveira (voz e guitarra), Lelo Brandão (guitarras e synth), Lucas Oliveira (baixo e voz) e Felipe Dieder (bateria) celebram dez anos de história e música na noite de 25 de janeiro de 2019.

O show comemorativo de DEZ ANOS será realizado no Cine Joia, em São Paulo. O grupo convida o trio de metais composto por Felipe Nader (sax), Gustavo Sousa (trompete) e Douglas Antunes (trombone), além do produtor e músico mineiro Leonardo Marques (guitarra).

Com oito músicos no palco, em formato “Big Band”, a Maglore apresenta nessa noite nostálgica um repertório dos seus quatro discos, além de músicas inéditas, num show também inédito na carreira do grupo.

Rincon Sapiência


rincon
Rincon Sapiência. – Foto Por: Renato Stockler

Onde: Sesc Pinheiros – Teatro Paulo Autran
Horário: Das 18h às 20h
Ingressos: De R$12 a R$40

Rincon Sapiência apresenta um show que reflete o conceito afrofuturista da sua obra, que se faz sentir na mistura de ritmos, passando por rap, trap, funk, ragga, house, blues, coco e samba, entre outros estilos musicais.

As Bahia e a Cozinha Mineira e Giovani Cidreira


436


Onde: Casa de Francisca
Horário: Das 22h às 1:30h
Ingressos: R$44

Assucena Assucena, Raquel Virginia e Rafael Acerbi criaram o grupo musical com influência do tropicalismo e Clube da Esquina. O nome da formação se deve ao fato de que as duas cantoras, transexuais, coincidentemente tinham o mesmo apelido “Bahia”, e Rafael, o guitarrista mineiro, formando a “cozinha” sonora da banda.

Com uma narrativa que propõe um debate acerca da posição das mulheres – sobretudo das negras, das pobres, das indígenas e das transexuais – em nossa sociedade, a banda trouxe, no final de 2015, o álbum “Mulher”, que rendeu uma série de shows performáticos e potentes e a participação em grandes festivais ao lado de Gal Costa, Elza Soares e outros importantes nomes da música brasileira. O show contará com abertura de Giovani Cidreira.

Alt Niss


alt
Alt Niss. – Foto Por: JP, Lion Culture Films

Onde: Centro Cultural São Paulo
Horário: 19h
Ingressos: R$12,50

ALT NISS faz seu show solo com o repertório de suas composições próprias. A cantora prepara seu EP de estreia para 2019 pela BOOGIE NAIPE, produtora do Mano Brown e Racionais MCs.

Festa do HPNM com Música Agosto e Chicari


hpnm


Onde: Feeling
Endereço: Rua Domingos de Morais, 1739 –  Vila Mariana
Horário
: 19h às 02h
Ingressos: R$15 a R$25

Na terceira noite da residência do programa Heavy Pero No Mucho no Feeling a noite será marcada por ritmos como o SKA e o Groove Rock.

Música Agosto
Formada em 2011 na periferia de SP a banda soma no currículo o show de abertura para o Sublime With Rome em 2015, também foram um dos destaques do programa Temos Vagas da Rádio Rock no mesmo ano. Recentemente estiveram no estúdio Showlivre apresentando músicas do novo EP: Coleta Seletiva de Ideias.

Chicari 
Formada em 2014 em Taboão da Serra (SP), a banda foi um dos destaques do Programa Heavy Pero No Mucho com a música “Ficar de Pé”.Agora marcam presença na festa do programa pra não deixar ninguém parado, com muito groove e ótimas melodias

A discotecagem com rock, ska, reggae, rap, hardcore e punk fica a cargo do Thiago Deejay e convidados.

Mafius, Gumes e Pelocurto


gumes
Gumes. – Foto Por: Rodrigo Lins

Onde: Breve
Endereço: Rua Clélia, 470  –  Pompeia
Horário
: 19h às 23h
Ingressos: R$15

Mafius é o apelido de Matheus Daniel, adotado como nome artístico. Com 17 anos, o músico lançou apenas uma música, mas está em processo de gravação de um álbum inteiramente analógico no Estúdio Fiaca, com o Thales Castanheira, coincidentemente integrante do Gumes. O show vai contar com a participação especial dos amigos Celso Sorc (Pelocurto) Gabriel Eliott (Eliminadorzinho), Guilherme França (Quasar) e Nickolas Marchioretto (Pelocurto, Marchioretto, Eddie Guerreiro).

Gumes é o encontro de Lucas Tamashiro, ex-guitarrista do Raça, com três integrantes da goldenloki, que é considerada o Ulrika Spacek do bairro Pacaembu. A sonoridade não é shoegaze, neo-psicodélica, lo-fi e muito menos rock triste. Então, na falta de tags genéricas, fica temporariamente estipulado o seguinte verbete: a Gumes é apenas uma banda que cria brisas à paisana para fins terapêuticos. O EP de estreia do quarteto paulistano foi lançado no dia 21 de agosto de 2018 pelo selo mineiro Pug Records.

Pelocurto, é uma banda paulistana de Dream Pop/Jangle Pop com influências como Alvvays, King Krule e o cenário independente. Em Novembro de 2018 lançaram um EP autointitulado com 6 faixas gravado de forma totalmente independente.

Festas

Vale do Anhangabaú – Aniversário Oficial de São Paulo


mamba negra
Mamba Negra. – Foto: Divulgação

Onde: Vale do Anhangabaú
Horário: Das 12h às 00h
Entrada: Gratuita

No Vale do Anhangabaú serão 12 horas ininterruptas de festa rolando a céu aberto. Para todos os gostos e estilos, o line up agradará de quem curte música black, passando por MPB e chegando junto na fritação da música eletrônica. Tudo isso para comemorar com estilo o aniversário de São Paulo.

Quem curte uma música black e um encontro de gerações não pode deixar de passar pelo primeiro palco com DJ Donna, Discopedia convida Seu Osvaldo e Batekoo convida KL Jay. No segundo palco a música eletrônica é que dá o tom com Gop Tun, Selvagem, ODD e Mamba Negra. Mas se a música brasileira que faz o seu gingado aflorecer, a dica é o terceiro palco com as festas Primavera, te amo, Santo Forte, Pilantragi, Prato do diaDesculpa qualquer coisa.

DJ Donna
Reconhecida como uma das melhores representantes da cultura urbana e alternativa brasiliense, DJ Donna é a chave para falar sobre mulheres e feminismo na música negra brasileira. Apaixonada por música negra de boa qualidade, seus sets variam entre RAP, Miami Bass, break beat, Afro House , Electro Funk, Kuduro, Dancehall, Charme, R&B e Samba Rock. Foi eleita melhor DJ do ano de 2018 pela Women’s Music Events.

Discopedia convida Seu Osvaldo
Discopédia
é uma festa que existe há 6 anos e é totalmente dedicada ao uso e a valorização do vinil comandada pelos Djs Dandan, Marco e Nyack. E o ponto alto da noite é o encontro inédito com Seu Osvaldo, primeiro DJ brasileiro, que no alto dos seus 86 anos mostra sua habilidade nas pickups para colocar a galera pra dançar.

Batekoo convida KLJay
A Batekoo é uma festa feita por negros para o público negro e periférico e tem como cenário as músicas black do Brasil e do mundo. É pra se derreter a pista ao som de rap, hip hop, funk carioca, R&B, trap, urban ou kuduro. Hoje a festa acontece em Salvador, São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Belo Horizonte e já passou por Brasília, Goiânia e Recôncavo Baiano. A cereja do bolo é a participação especial de KLJay. Conhecido por ter fundado os Racionais MC’s, em 1989, junto de Edi Rock, Mano Brown e Ice Blue, Kleber Simões começou fazendo bailes com tape decks, fitas cassetes e alguns vinis. Com os Racionais gravou 11 discos, entre álbuns de estúdio e coletâneas.

Gop Tun
Gop Tun
é uma festa, selo e coletivo formado por Bruno Protti, Caio Taborda, Fernando Nascii e Gui Scott. Uma fusão de paixões e ambições, solidificada por um espírito musical complementar e a opinião unânime de que uma festa deve ser uma experiência transformadora. É um sistema coeso de curadores seletivos e curiosos, que nasceu numa era impiedosa da noite paulistana mas que conseguiu seu lugar ao sol e no radar dos amantes da música mundo afora através de uma sólida pesquisa misturando gêneros como house, disco e techno.

Selvagem
Uma das festas mais animadas de eletrônica da cena paulista. O sucesso se deve à originalidade. Tudo surgiu de uma brincadeira que buscava deixar clara a proposta que possuem de buscar no dancefloor a provocação de instintos primitivos. Com o passar dos anos, o som da Selvagem também evoluiu. As variações genuinamente nacionais seguem sendo uma das marcas registradas do projeto, que também sempre flertou com a disco/house. O plus atualmente vem da pesquisa e garimpo por sons de outras partes do mundo, como Polônia, África e Caribe.

ODD
A festa é um dos grandes símbolos desse momento, em que as pessoas estão dispostas a sair de casa e ir para lugares muitas vezes inusitados, conhecer novas pessoas e dançar ao som de artistas que trazem a pista sonoridades avançadas dentro do house, techno e outros estilos. Desde 2014, a ODD já passou por locações abertas e fechadas, com formatos de festas diferentes, sempre pensando na boa experiência do público, um dos grandes pilares da festa criada por Vermelho e que hoje conta com a participação de Davis e Zopelar no time de curadores. 

Mamba Negra
Carol Schutzer (a.k.a Cashu) e Laura Diaz (a.k.a carneosso) são as mulheres responsáveis pela Mamba Negra, festa independente que tem tomando as ruas de São Paulo e os corações dos jovens amantes da vida noturna. A festa – que existe há 5 anos – acontece nas ruas, ocupações e também em locações degradadas da cidade, como fábricas abandonadas. A Mamba surgiu num momento de efervescência cultural e política no centro de São Paulo e traz um espírito de liberdade em suas raízes, com uma vibe misteriosa. Liberdade sexual, de gêneros e de se divertir da maneira que quiser até o sol amanhecer.

Primavera, te amo
A festa é um encontro multicultural para espalhar a alegria e o conhecimento por meio do encontro de pessoas. A iniciativa une música independente, discotecagem em vinil, artesanato e bate-papos sobre diversidade.

Santo Forte
A festa de brasilidades é realizada por Tutu Moraes há 13 anos em São Paulo e outras capitais. O DJ e pesquisador musical Tutu Moraes é hoje um dos nomes mais festejados e atuantes no efervescente cenário da música brasileira. Exímio pesquisador da música popular brasileira em suas diferentes vertentes e sonoridades, tem como uma das características principais em seus projetos garimpar a memória musical do Brasil, mas também apresentar novos nomes musicais e propor um crossover dos ritmos presentes na nossa cultura.

Pilantragi
A Pilantragi é uma das festas brasileiras mais influentes da cena alternativa. Ela surgiu através da criação do Coletivo Pilantragi em 2012, com objetivo de difundir a cultura nacional através da música e da arte. Sob o comando de Rodrigo Bento, a festa arrasta multidões com uma pesquisa da música nacional que extrapolou as fronteiras da capital e já teve quatro turnês internacionais, passando por Portugal, Alemanha e Espanha, entre outros países.

Prato do Dia
O bar da rua Barra Funda ficou pequeno para a pista de dança. E o Prato do Dia ganhou as ruas. Com discotecagem em vinil, a festa reúne nomes de peso como DJ Nuts e Peba Tropical, entre outros com o melhor das vertentes da black music. 

Desculpa Qualquer coisa
A Desculpa Qualquer Coisa (DSCP)
é um espaço cujo objetivo é promover o protagonismo de mulheres que amam mulheres por meio da música. Criada em 2016, em São Paulo, a DSCP esteve presente em grandes eventos da cidade como Virada Cultural e Parada LGBT. Foi eleita a segunda melhor festa de São Paulo do ano passado, segundo o Guia da Folha De S. Paulo. Desde 2017, a DSCP sai no carnaval paulista puxando o maior bloco de mulheres lésbicas e bissexuais de maneira independente.

Horários Por Palco: 

#1
12h Dj Donna
14h Batekoo convida KL Jay
19h Discopédia convida Seu Osvaldo

#2
12h Gop Tun
15h Selvagem
18h ODD
21h Mamba Negra 

#3
12h Primavera, te amo
14h Santo Forte
16h Pilantragi
19h Prato do dia
22h Desculpa qualquer coisa

Programação Cultural

Aniversário de São Paulo no CCBB


ccbb


No período de 23 a 28 de janeiro, muitas atividades em comemoração ao Aniversário de São Paulo. Teatro, música, cinema e atividades educativas acontecem no prédio histórico do CCBB e na Avenida Paulista tem exposição de Amelia Toledo. Muitas atrações são gratuitas. Confira a programação completa abaixo:

EXPOSIÇÃO
Entrada gratuita
Horários especiais no aniversário de São Paulo – dias 25, 26 e 27

Amelia Toledo – Lembrei que esqueci
Local: Edifício Banco do Brasil – Av. Paulista, 1.230
Dias 25, 26 e 27/jan: 10h às 18h

MÚSICA
Entrada gratuita
Programação especial no aniversário de São Paulo

Férias Musicais no CCBB
Quarta a sábado, 19h

Dia 23 e 25 de janeiro, às 19h – Batalhas de Rap com Fábio Brazza
Local: Área externa em frente ao CCBB

TEATRO
Entrada gratuita no aniversário de São Paulo – dia 25

Carmen, a grande pequena notável
Local: Teatro do CCBB
25 de janeiro
Sexta, 11h

Espetáculo musical que conta a história da cantora Carmen Miranda, de sua chegada ao Brasil ainda criança, passando pelas rádios, suas primeiras gravações em disco, pelo cinema brasileiro e o Cassino da Urca, ao estrelato nos filmes de Hollywood. Inspirado no livro homônimo infanto-juvenil de Heloísa Seixas e Julia Romeu, o espetáculo conta e canta para toda a família os 46 anos de vida dessa pequena notável que levou a música e a cultura brasileira para os quatro cantos do mundo.

Duração: 70 min.
Classificação indicativa: livre – indicado para maiores de 5 anos.
Sessão no dia 25/01: retirada de ingressos a partir de 1 hora antes do espetáculo

CINEMA
Meia-entrada para todos
Confira as sessões gratuitas da programação
Todas as sessões são gratuitas no aniversário de São Paulo – dia 25

Mostra Brasileirinhos de Cinema para Crianças
Local: Cinema do CCBB
23 de janeiro a 04 de fevereiro

Mostra de cinema brasileiro voltada para crianças de 3 a 14 anos de idade, com o objetivo maior de valorizar a cultura brasileira através da tela do cinema. A programação conta com uma seleção rica e diversificada de filmes nacionais, além de atividades de entretenimento e cultura para crianças nas mais variadas faixas etárias, tais como sessões com recreação para crianças em idade pré-escolar, oficinas de teatro de sombras, aulas de crítica para crianças, contação de histórias, entre outras.

Confira a sinopses dos filmes e programação completa no folder da mostra e no site: http://bit.ly/MostraBrasileirinhosCCBBSP

PROGRAMA EDUCATIVO
Atividades especiais e gratuitas durante toda a semana de aniversário

Dias 23 a 28 de janeiro – Quarta a Segunda

O Programa CCBB Educativo desenvolve ações que estimulam experiência, criação, investigação e reflexão através de processos pedagógicos, artísticos e curatoriais.

Consulte a programação completa no site www.ccbbeducativo.com ou na bilheteria.

Programação Especial – Aniversário de São Paulo – Dia 25 de janeiro

Lugar de Criação
Horários: 10 e 14h
SP das Cores

Pensando São Paulo como um espaço presente no imaginário popular, o público poderá interagir artisticamente em um painel com referências arquitetônicas dos principais edifícios da cidade, trazendo questões simbólicas sobre o afeto, pertencimento, memória e identidade.

Contação de História: Ping-Song
Horários: 12 e 16h
Convidado: Adriano Castelo Branco

Ping-Song é um acontecimento sonoro composto por um conjunto de instrumentos musicais percussivos reinventados em formatos de raquetes para serem acionadas pelo público. Através da mediação do artista e da livre experimentação dos instrumentos, a proposta é que os participantes construam diferentes situações de jogabilidade, na qual a interação seja desenvolvida pelo imprevisto das relações emergentes entre os instrumentos e as pessoas. Ping-Song também propõe a percepção e construção de sonoridades para que possíveis criações musicais (individuais, coletivas ou colaborativas) aconteçam espontaneamente.

Espetáculo: Navegar é preciso – das Navegações à fundação de São Paulo
Horário: 17h

Navegar é preciso é uma aula-espetáculo que investiga a história das grandes navegações portuguesas, com seus grandes mistérios e desafios. Uma viagem lúdica pelos momentos mais marcantes destas aventuras que até hoje ecoam no nosso dia-a-dia, desde o início das expedições até o desembarque da frota de Cabral nas terras brasileiras e o início da história da vila de São Paulo. Uma experiência divertida para que crianças e adultos possam conhecer uma parte importante do nosso passado e compreender melhor o nosso presente.

Pré-Carnaval no aniversário de São Paulo @ MIS


mis


Onde: MIS – Museu da Imagem e do Som
Entrada: Gratuita – inclusive em exposições
Horário: Das 9h às 00h

Você já está empolgado para o Carnaval? No dia 25 de janeiro, em comemoração aos 465 anos da cidade de São Paulo, o MIS traz uma programação especial inspirada no Carnaval, com blocos, como o Bloco Domingo Ela Não Vai, oficinas, DJ e exibição de filmes.

PROGRAMAÇÃO
10h às 16h
Oficina de Máscaras | Foyer térreo

11h
Bloco Infantil Gente Miúda | Área externa

13h
Dj Simoníssima

14h
Filme “Você já foi à Bahia?” | Auditório MIS*
Oficina de maquiagem: Se joga na purpurina – com Cintia Masil e Luis Cambuzano | Área externa – 24 vagas*
Oficina de adereços de carnaval – com Lívia Camargo | Foyer térreo – 15 vagas*

15h
Bloco Arrianu Suassunga | Área externa

16h
Filme “Rio” | Auditório MIS*
Oficina de maquiagem: Se joga na purpurina – com Cintia Masil e Luis Cambuzano | Área externa – 24 vagas*
Oficina de adereços de carnaval – com Lívia Camargo | Foyer térreo – 15 vagas*

16h30
Dj Simoníssima

17h
Bloco Domingo ela não vai | Área externa

19h
Filme “Dona Flor e seus dois maridos | Classificação indicativa 16 anos | Auditório MIS*

Os ingressos para a programação são gratuitos. Os espaços estão sujeitos a lotação. Para as atividades marcadas com *, é necessário retirar o ingresso 1h antes na recepção.

SOBRE OS BLOCOS
>> Domingo ela não vai: Bloco de carnaval paulistano dedicado ao axé anos 90 e à música brasileira.
>> Arriano Suassunga: O bem humorado bloco conta com dançarinas e foliões inspirados pelo mestre Angelo Madureira.
>> Gente miúda: O bloquinho nasceu em 2016 e traz o carnaval para o universo das crianças.

QUADRINHOS | ENTRADA GRATUITA
Nesse dia, a exposição “Quadrinhos” tem entrada gratuita e horário de visitação estendido, permanecendo aberta das 9h às 0h. Os ingressos podem ser retirados até às 22h na recepção do Museu (sujeito a disponibilidade).

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s