Os Melhores Clipes Independentes lançados em Novembro + Playlist no Spotify

Ano novo e tempo de mudanças no Hits Perdidos. O ano passado foi marcado pelo grande sucesso dos listões de videoclipes que até deram origem a um estudo super detalhado sobre a produção audiovisual do independente brasileiro.

Desta vez resolvi fazer algumas alterações nos moldes. Teremos mensalmente a lista de melhores clipes do mês, outra de lyric videos e uma terceira de sessions.

Listas 2018

Janeiro
Fevereiro
Março
Abril
Maio
Junho
Julho
Agosto
Setembro
Outubro

Em Novembro continuamos a parceria com o programa Udigrudi da Play TV, onde o Hits Perdidos seleciona semanalmente alguns videoclipes para aparecer por lá. Inclusive fizemos um guia completo de “Como fazer para seu clipe aparecer na TV?“.

Vários clipes dos listões já tem aparecido na programação. Lembrando que o programa vai ao ar todos os domingos às 20:30h.


Melhores 2018 - Udigrudi
Neste fim de ano fizemos um programa com os Melhores Clipes do Ano escolhidos em conjunto pelo Hits Perdidos e a equipe da Play TV.

O programa especial de fim de ano com escolhas da audiência do UDIGRUDI teve votação realizada aqui no Hits Perdidos, confira aqui os 50 Melhores Clipes selecionados pela curadoria.

Neste mês de Dezembro trarei os melhores que saíram no último mês e que merecem destaque. Claro que o listão continua democrático e no fim você encontrará uma playlist no youtube –  e Spotify – com os 108 coletados ao longo do mês.

A produção independente cresce a cada dia que passa e o investimento na divulgação também. Em uma geração em que poucos escutam um disco do começo ao fim, o artifício dos web clipes tem sido uma boa maneira de expor seus trabalhos.

E estes são feitos de todas formas, com alto ou baixo custo de produção. Com ideias mais certinhas a criativas. No fim das contas o que interessa é eternizar aquele momento e expor seu trabalho com a estética que mais convém atrelar a imagem da banda.

Em Novembro inúmeras bandas começaram a divulgar seus curtas promovendo singles antigos ou que estarão presentes em seus futuros álbuns ou EP’s. Reunimos 108 clipes lançados neste mês que mostram alguns dos novos talentos da música independente brasileira. O que impressiona é termos uma média de 3,6 clipes sendo lançados no independente por dia (mesmo em um mês de eleições). Na lista temos 107 artistas de 16 estados.

OS SELECIONADOS TAMBÉM FAZEM PARTE DA PLAYLIST CRIADA ESPECIALMENTE PELO HITS PERDIDOS PARA ETERNIZAR OS VÍDEOS LANÇADOS NESTE MÊS DE NOVEMBRO. NOVO ANO PEDE NOVOS FORMATOS DE DIVULGAÇÃO. ALIÁS NÃO DEIXE DE SEGUIR O PERFIL DO HITS NO SPOTIFY!


1 TETO PRETO “Pedra Preta”



No dia 22/12 o TETO PRETO (SP) lançou o polêmico videoclipe para “Pedra Preta”. Um vídeo que faz sátira aos moralistas conservadores, traz nudez, artistas trans, muitas luzes, cores, ritmo frenético, aborto, cintaralho e até mesmo a fuga de uma noiva de um casamento.

O local do casório do vídeo é a Casa do Povo, espaço cultural no bairro paulistano do Bom Retiro. O vídeo ainda conta com imagens do incêndio do Museu Nacional que aconteceu este ano.

“Queríamos incomodar, mostrar que estamos presentes. É um recado: a arte está viva, nossa arma é nosso corpo”, declara Loïc Koutana, performer franco-congolês integrante do grupo em entrevista para o jornal Folha de São Paulo

O vídeo foi produzido pela produtora Planalto e foi gravado na semana seguinte à vitória do presidente eleito Jair Bolsonaro.

“Pedra Preta”, feita por Carneosso e André Sztutman, trata-se de um grito, um aborto verde-amarelo, um ritual de celebração do que vivemos e acreditamos”, conta a banda

2 Autoramas “Creppy Echo”



No fim de novembro, no dia 28/11, foi a vez do Autoramas (RJ) que neste ano celebrou seus 20 anos – ganhou tributo com 41 bandas produzido pelo Hits Perdidos, Debbie Records e Aurora Discos – e lançou seu oitavo álbum, Libido via HBB, disponibilizar em suas rede sociais o videoclipe para o single “Creepy Echo”.

“A música fala sobre sexo. É uma letra muito sedutora”, brinca o vocalista e guitarrista Gabriel Thomaz

A animação foi realizada por Manaus Macaco e abusa das cores, referências nerd, quadrinhos e universo dos Autoramas.

“Ele é mestre nas animações e tem um jeito próprio de fazer vídeos musicais. Conversei com ele sobre a música, a letra e referências estéticas do Autoramas e ele chegou a esse resultado sensacional”, conta Gabriel.

3 DANOS “Toasted”



No dia 18/11 foi disponibilizado no Youtube o videoclipe para “Toasted” do projeto DANOS, de São Paulo. Cintia Nakashima assina a direção do videoclipe que tem produção da Frontera Filmes uma co-produção da Buvua Filmes e Volt Filmes e participação de Ariela Alon e Alisson Sales como atores. A faixa se encontra no Gooley EP.

A escuridão, a fotografia e a edição das imagens são os grandes destaques do vídeo.

4 NOAHS “Suddenly”



No dia 14/11 foi a vez do NOAHS, de Florianópolis (SC), lançar o videoclipe para “Suddenly”. O quarteto escalou para dirigir o vídeo a dupla Couple Of Things, formada por Diana Boccara e Leo Longo.

Os diretores são responsáveis pelo projeto Around The World In 80 Music Videos, que já produziu clipes de artistas como Pato FuVanguartBrothers Of BrazilVivendo do ÓcioVespas Mandarinas Selvagens À Procura de Lei. Eles também ficaram responsáveis pela filmagem e edição. Já a canção faz parte do EP Rise lançado em 2017.

“Nossa proposta foi realizar um clipe subjetivo e um tanto quanto surreal, que leva o espectador a mergulhar tão fundo na música e na performance do dançarino que deixa pontos da história em abertos, para serem desvendados, deduzidos ou mesmo criados por quem a assiste — consciente ou inconscientemente. ‘Suddenly’ teve muitos dias de preparação e ensaios, mas a gravação em si não durou mais do que três horas num fim de tarde perfeito em Florianópolis.”, conta Diana

5 Letrux “Amoruim”



No dia 06/11 foi a vez da carioca Letrux lançar o videoclipe para “Amoruim”. O destaque do vídeo é justamente a intensidade em que a musicista se expressa entre caretas e performance. A direção é de Felipe Morozini e Gabriel Azevedo.

“’Amoruim’ é uma música que fiz em 2014, em parceria com Thiago Vivas, meu parceiro romântico”, conta Letícia Novaes em entrevista para a Rolling Stone

“Uma música muito forte. Gosto muito da letra porque fala tudo o que realmente penso. Acho mesmo que até o amor ser bom, ele é ruim. É tudo muito efêmero, as pessoas querem que a paixão se resolva em um dia, em uma semana. Muita gente tem esse desejo pelo amor à primeira vista… Até o amor chegar na luz você pode transitar por lugares muitos sombrios e a música fala disso.”, comenta a artista

6 Rincon Sapiência “Placo”



Quem também não parou de fazer lançamentos em 2018 foi o rapper Rincon Sapiência que no dia 16/11 disponibilizou o vídeo para o single “Placo”. A canção tem como inspiração o trapfunk e marcou a estreia de seu próprio selo, o MGoma.

O videoclipe, dirigido por Gabriel Duarte e produzido pela Ogiva Filmes, foi gravado na favela de Paraisópolis. A locação escolhida para narrar a leitura apurada do Mc sobre os contrastes da pirâmide social brasileira.

7 Bratislava “Fogo”



No dia 12/11 foi a vez da banda paulistana Bratislava lançar o videoclipe que dá nome ao seu mais recente trabalho, “Fogo”. Eles que no vídeo exorcizam demônios entre fumaça, explosão e literalmente fogo.

O registro foi dirigido por Beto Whyte e faz uma série de questionamentos.

“Essa música surgiu de um redemoinho de questionamentos, de conversas nossas aqui na banda sobre direitos humanos, grupos minorizados, lugar de fala. A letra foi se desenvolvendo tomando forma como uma espécie de auto-análise, onde colocamos na mesa questões complicadas, sem resposta.

O ‘falar com o fogo’ da letra é uma espécie de ‘colocar o dedo na ferida’, é lidar com assuntos doloridos, pesados, cutucar tabus, falar sobre o que se evita. A gente questiona a validade do nosso discurso, das nossas canções e letras enquanto homens, enquanto héteros, no meio de tantas outras vozes e lutas sociais tão mais relevantes”, reflete Victor Meira, vocalista e compositor.

O diretor também falou um pouco sobre a concepção do videoclipe e sua linguagem.

“A música é imponente, instiga pensamentos e questionamentos. Sendo assim, decidimos transparecer essa força através da banda, da explosão dos riffs, e principalmente na expressão do vocalista”, conta o diretor Beto Whyte.

“Reforça o fato de que “a música também é um instrumento de comunicação, principalmente no contexto atual em que a estética tem sido constantemente sobreposta acima de outros aspectos. Arte e discurso caminham juntos e esse conceito não pode ser deixado de lado”, conclui o diretor.

8 DOLPHINKIDS “Innerspring”



O trio DOLPHINKIDS, de Suzano (SP), no dia 13/11 disponibilizou o videoclipe para “Innerspring”, faixa que integra o EP Primavera. O roteiro e a direção são assinados pelo Rafael de Souza, do Lavanderia Estúdio, de Campinas (SP).

“A gente queria algo com uma história meio vaga. Pensamos junto com o Rafouza nesse lance de que as decisões de um membro da banda interferem na vida do outro e assim por diante e levamos isso ao literal.

No clipe estamos ‘presos’ a diferentes cenários e toda vez que um de nós aperta o botão todos trocam de cenário, mas nunca conseguem fugir desse loop”, explica João Irente.

9 Rocco and the Stars ft. YMA “Secrets”



No dia 01/11 foi a vez do Rocco and the Stars, de São Paulo, lançar o videoclipe para “Secrets”. A faixa e o clipe contam com a participação da YMA. Já a direção é assinada por Fabio Politi (O Terno, Emicida). O disco Bambino será lançado em 2019.

“Assim como David Byrne, eu acredito que a música é muito mais física que cerebral”, conta Luka Brandi, “dessa maneira, fazia todo sentido criar um clipe que pudesse contemplar o aspecto melancólico da composição, mas que também tivesse em si um elemento de fisicalidade, de corpo”, finaliza o músico.

10 Viratempo “Se Eu Soubesse”



No dia 07/11 foi a vez da banda paulistana de Indie pop/Crystal pop, Viratempo, lançar o videoclipe para “Se Eu Soubesse”. A faixa integra o álbum Cura que foi lançado no dia 16/11. O clipe tem direção de Eduardo Ohara e produção assinada por Viratempo e Isa Louise. Recomendado para fãs de YMA e Mahmundi.

11 Moblins “Airship (Baião da Mochi)”



No dia 13/11 foi a vez do duo Moblins, de São Paulo, lançar o ótimo clipe para “Airship (Baião da Mochi)”, canção que estará presente em seu álbum de estreia que sairá em 2019. A direção e edição são assinadas pela própria banda, o destaque fica para sua narrativa, cortes secos, roteiro e imersão.

“Essa música especificamente passa a ser um relato mais pessoal, sobre o que passa na cabeça de alguém que por alguma razão não sente que pertence. Sensação de culpa, vergonha e medo, mas também uma certa rebeldia silenciosa que é só sua. Buscamos refletir isso no arranjo da musica também, não só na letra.”, comenta Stefano

“Esse clipe é inspirado no filme de moda que ele fez chamado “Portrait of Caitin Stickels” junto com duas mulheres que passaram a ser inspirações pra nós e para a construção do disco: a artista de vídeo e sonoplasta Younji Ku que trabalha no estúdio dele e a modelo Caitin Stickles, portadora de uma condição chamada “Cat Eye Syndrome” ou Sindrome de Schmid-Fraccaro. O Nick Knight é um fotografo ingles (favorito do Stefano) que nos influenciou muito como banda mas esse filme em especial nos tocou profundamente, não sabemos explicar exatamente porque.

A Onirica ja é uma moblin de coração, gente adora trabalhar com ela! Ela não só saca o que a gente ta tentando fazer como é uma puta referência! Conhecemos o trampo de Alma Negrot através dela, que fez a maquiagem pro clipe! Alias, essa parte do clipe foi filmada a mais de um ano atras com a ajuda da Alinne Anno.

A Onirica é do Rio e a gente quis aproveitar que ela tava aqui pra ja começar o processo, a musica não estava nem pronta ainda! Com certeza não é a ultima vez que a gente trabalha com ela!

A segunda unidade do clipe veio bem depois, a capitação dessas imagens foi do Ronaldo Dimer fotografo e cineasta amigo da Vivi e topou essa empreitada com a gente, sem contar a maquiagem linda da Ve Blackaby e a carona dos Caimans com os equipamentos. Dirigimos e editamos o video nós mesmos e gostaríamos de agradecer os herois que fazem tutoriais de tudo que você precisar no youtube, não teríamos conseguido sem eles também.”, conta a banda Moblins em entrevista para o Hits Perdidos

12 Francisco, El Hombre “O Tempo é Sua Morada”



No dia 02/11 foi a vez da banda Francisco, El Hombre disponibilizar em suas redes o videoclipe para “O Tempo É Sua Morada”. O vídeo foi produzido pela Awake Film e teve roteiro e direção assinados por Los Pibes (Raphael Pamplona & Caio Amantini).

“Cada um de nós tem uma percepção da morte, há quem consiga aceitar mais facilmente que somos meros passageiros. Há quem não. #OTempoÉSuaMorada é uma tentativa de trazer novos significados para o nosso luto, nossa dor da perda. Não há porque tristeza, devemos celebrar a vida, a memória, o amor!

Essa música é muito especial para nós, um trabalho lindo feito a muitas mãos. Que no dia de hoje ela possa trazer um novo significado para a data. E ela está pronta pra fazer o coração de vocês bater mais forte.”, contou a banda em seu Facebook oficial

13 Winter & Triptides “Desaparecidos”



No dia 09/11 foi a vez da Winter & Triptides, com Samira Wintes (PR), lançar o videoclipe para “Desaparecidos”. A bela produção audiovisual foi filmada nos Estados Unidos e dirigido por Jeff Leeds Cohn. Sua vibe à la Twin Peaks é notória no vídeo que carrega muitos mistérios e linguagem poética.

A canção está presente em Estrela Mágica, álbum inaugural da dupla – formada pela brasileira Samira Winter (Winter) e pelo estadunidense Glenn Brigman (Triptides) em Setembro deste ano.

“’Desaparecidos’ veio de um sonho que tive com alienígenas, que levavam meus amigos numa fazenda no Brasil e eu procurava por eles”, explica Winter.

“Eu me diverti muito inventando uma melodia com um quê alegre de Erasmo Carlos que contrastava com uma letra assustadora”, relata a compositora. “Quero te achar e te levar comigo/ Você que é desaparecido”, versa a composição em tom astral.

“O que inicialmente me impressionou na ‘Desaparecidos’ foi a dissonância entre o tema obscuro da música e a entrega leve”, comenta o diretor Jeff Leeds Cohn. “Eu queria que o vídeo se apoiasse nessa tensão. O vídeo retrata abstratamente um encontro entre Samira e seu alter-ego e como o dia se transforma em noite, as duas pessoas convergem em um confronto hiper-estilizado entre predador e presa”, explica.

14 LETO “Afim”



No dia 30/11 foi a vez da LETO lançar o vídeo para “Afim”. O clipe antecipa o disco dela que sai em 2019, pelo selo FREAK, e teve a direção da cineasta Anna Penteado, produtora do Vento Festival.

LETO é o pseudônimo de Letícia Cury. Filha de músicos eruditos, a cantora e compositora decidiu embarcar profissionalmente no ofício da música em 2017, apesar de compor desde seus 10 anos.

O grande destaque do videoclipe fica para a sequência de imagens que te forçam a querer descobrir o que irá acontecer logo em seguida. Fato que acontece logo em sua primeira cena onde LETO destrói um porta retrato com um taco de beisebol. As cores e o ritmo de festa dão tons ainda mais imersivos para a melodia pop e cativante da canção.

15 G T’AIME “Forest”



O duo paulistano G T’Aime, de eletro-indie folk lançou no dia 30/11 o vídeo para “Forest”, que tem a assinatura diretiva de Leandro Catapam, o LeSpace, artista e designer gráfico paranaense.

O vídeo da bela “Forest” é uma colagem de gravuras inspiradas em Gustave Doré (ilustrador francês do século XIX), mas dentro dos modernos conceitos de gifs.

A técnica usada pelo artista é stop motion collage, com repetição e mini narrativas dentro do conceito de gifs. O processo completo levou seis meses para ficar pronto.

“Já éramos fãs de seus quadros de colagem tridimensionais, que davam pista de um
universo particular, interessante e muito vasto. Quando ele começou a serie de gifs foi perfeito. Convidamos ele então para o desafio de fazer um “mega gif”. Ele desdobrou dentro da sua técnica a vida efêmera de um gif e conseguiu de forma surpreendente materialzar a narrativa cheia de dualidades e afirmativas”, complementa Geanine.

16 Sulamericana “Céu Azul”



No dia 08/11 foi a vez da banda Sulamericana, de Fortaleza (CE), lançar o videoclipe retrô para “Céu Azul”. Inspirado nos anos 80, na cultura pop e nos programas de TV, o vídeo é divertido e tira onda com o tom démodé. A canção faz parte do segundo EP do grupo, intitulado de Seu Novo Caminho.

A ideia do clipe surgiu quando os integrantes da Sulamericana viram e ouviram o grupo que o pai do guitarrista participava na década de 1980.  A ideia, assim, foi a de retratar esses grupos cearenses, que se apresentavam nos antigos programas de calouros, como os clássicos Irapuan Lima e Terral, inclusive com a participação especial do próprio apresentador Will Nogueira.

O clipe foi produzido pela Plataforma Zero, com direção de Roger Capone.

17 Raça “Quente/Chama”



No dia 29/11 foi a vez da Raça, de São Paulo, disponibilizar o videoclipe dupla para “Quenta/Chama”. Estas que fazem parte do disco Saúde, que sairá em 2019 e foi gravado nos estúdios Family Mob, Cavalo e Estúdio Miriam. Pré-Produção, produção e gravação por Guilherme Chiappetta. Um lançamento Balaclava Records.

O videoclipe é delicado ao mesmo tempo que “em chamas” foca na mensagem profunda da faixa. Um bom aquecimento do que está por vir no próximo ano!

18 Amarelo Manga “Você Não Percebe Que Passou da Conta”



No dia 01/11 foi a vez da banda carioca Amarelo Manga lançar o sensível, imersivo e sombrio videoclipe para “Você Não Percebe Que Passou da Conta”. Marca também o primeiro lançamento com a nova formação do grupo.

“A mudança no som é clara comparada ao primeiro registro, porém a banda enxerga o momento atual como um período de transição, buscando cada vez mais uma identidade própria e uma sonoridade que a represente”, comenta Julio.

O registro foi produzido pela própria banda de maneira D.I.Y.

“Tudo foi feito em cima de tentativas e uma produção bem simples. A grande diferença dos anteriores é que, ao invés de usarmos a câmera VHS, usamos uma digital. O intuito foi de mudar um pouco também o lado visual, incluindo planos e cortes mais trabalhados”, explica Rafael.  

19 Caimans “Orbit”



No dia 09/11 em Premiere no Hits Perdidos foi lançado o videoclipe para “Orbit” do duo Caimans.

Mirando 2019, o duo paulista formado pelos gêmeos Luca e Peder, AndCaiman acaba de mudar de nome. O motivo é a troca de sonoridade, assumindo agora uma postura mais jovem, mais pop e mais eletrônica.

Com uma série de lançamentos planejados para o ano que se aproxima pelo selo Urtiga, eles foram rebatizados como Caimans. Para dar um pontapé inicial na nova fase eles lançaram seu novo single, “Orbit”.

O jogo da conquista acaba sendo o grande protagonista tanto do single, como do clipe. Uma simples partida de tênis acaba se tornando um jogo de azaração, com direito a troca de olhares e provocações. É esse o espírito do roteiro da produção audiovisual que foi produzida pela 615 Filmes e Etcetera. A direção é assinada por Caio Henrique.

As regras do jogo, sendo bem diferentes, acabam ganhando contornos externizamos na linguagem corporal – e que dão ao clipe toda uma tensão diferente. Entre dancinhas e flertes, o jogo ganha desdobramentos que ficam além das quadras. O que é um bom paralelo com a letra da canção que fala justamente sobre os quereres e as pequenas inseguranças vividas no começo de um relacionamento.

O single marca também o novo norte da banda que se afasta das influências seminais do projeto, calcadas na fusão do post-rock com eletrônico, e busca um apelo mais pop.

“O processo de produção foi bem interessante e diferente do que estávamos acostumados. Não trabalhamos com apenas um produtor, ao invés disso foi um caminho natural de compor, arranjar, bater papo e escutar opiniões de várias pessoas, como produtores, DJs, outros músicos etc.

Envolver tantas pessoas boas nesse processo foi bom demais, aprendemos muito e estamos muito felizes com o resultado. Se contar composição, arranjo, gravação, mixagem e masterização, essa música passou por no mínimo uns 5 estúdios, incluindo o nosso home studio em São Paulo”, explica o baixista e vocalista da banda, Peder.

20 Danger City “Show Love for The Company”



No dia 11/11, logo depois da estreia na telinha do UDIGRUDI, em Premiere Exclusiva na Play TV, foi disponibilizado no youtube o vídeo para “Show Love For the Company” do Danger City. A canção integra o álbum Anticore que foi lançado em agosto desde ano de maneira completamente independente.

O clipe que tem Direção, montagem e finalização realizados por João Pedro Pariz Salgado, da Recluso Producões, mostra a rotina entediante de um dia de trabalho e a pilha de trabalho sendo acumulado. Rotina robótica, clipe satírico e estética noventista são os traços da produção audiovisual.

21 Negra Li ft. Rael “Raízes”



No dia 20/11, dia da consciência negra, foi lançado o videoclipe de “Raízes”, da Negra Li em parceria com o rapper Rael. O single fala sobre as raízes negras e se destaca por sua fotografia. A produção é assinada pela Ogiva Filmes, já a direção é de Gabriel Duarte. O roteiro e produção executiva ficaram por conta de André Drum.

Outros videoclipes

Além dos 21 eleitos como melhores do mês nas playlists do Youtube e Spotify vocês poderão encontrar os clipes dos artistas e bandas:

Mombojó e Lenine “Nunca Vai Embora” (Olinda / PE), Silva “Duas da Tarde” (Vitória / ES), Barro “Somos” (Recife / PE), Catavento “Groove Geral” (Caxias do Sul / RS), Joe Silhueta “Café Amargo” (Brasília / DF), Felipe Cordeiro “Demais” (Belém / PA), Romero Ferro “Acabar a Brincadeira” (Garanhuns / PE), Aíla “#nãovoucalar” (Belém / PA), Glória “Acima do Céu” (São Paulo / SP), Kill Moves “Fade Someday” (Belo Horizonte / MG), Letty “Turning Blue” (Jundiaí / SP), DEVISE “Além do Próprio Espelho” (Belo Horizonte / MG), Tássia Reis “Shonda” (Jacareí / SP), Disaster Cities “Heartbroken Robot” (Florianópolis (SC) e São Paulo (SP), NDK “Velha História” (Part. niLL) (Jundiaí / SP), Vanguart “Casa Vazia” (Cuiabá / MT), EMMERCIA “Cegueira Branca” (São Paulo / SP), João Perreka e os Alambiques “Purificar” (Guarulhos / SP), Bazar Pamplona “Dias Gordos” (São Paulo / SP), Missing Takes “Unicorn” (Alternate Lyrics) (Porto Alegre / RS), Olívia de Amores “Abisso” (Manaus / AM), Saturnø “Imagem Bobagem” (Caxias do Sul / RS), Andro Baudelaire “Te quero Só pra Mim” (Belém / PA), Lupe de Lupe “Álamo” (Governador Valadares / MG), Strawberry Licor “I Feel Like A Kid” (Sorocaba / SP), Leela “YouTube Mine” (Rio de Janeiro / RJ), Frabin “Realilusão” (Belém / PA), Cartolas “Sem Maquiagem” (Canoas / RS), Pio Lobato “Casa Velha” (Belém / PA).

Cães de Caça “Quem Fala” (Fortaleza / CE), Old Dog “Pra Não Esquecer” (Passo Fundo / RS), Paulo Chaves “Ócio” (Brasília / DF), Carmen “Meeks” (Rio de Janeiro / RJ), BK’ “Deus do Furdunço” (Rio de Janeiro / RJ), Confeitaria “Confins” (Belo Horizonte / MG), Leo Fazio “Do Katandê” (São Paulo / SP), Marcus Lopes “Cidade Vazia” (Belo Horizonte / MG), Negreta “Prisão 100 Grades” (São Paulo / SP), Cacife Clandestino “UZI” Ft. Froid (Rio de Janeiro / RJ), Vera Verônika “No Corre” (Brasília / DF), Konai x Cynthia Luz “Chão de Vidro” (São Paulo / SP), Lagum feat. Cynthia Luz “Eu Não Valho Nada” (Belo Horizonte / MG), MariElle feat Peu Del Rey “Coragem & Fé” (São Paulo / SP), Wallacy Williams e Os Katastrophes “Fragmentos” (Fortaleza / CE), Jade Baraldo feat. Luccas Carlos “Bam Bam Bam!” (Brusque / SC), Monocelha “Pré-Requisitos” (São Paulo / SP), Daneex “Ovelha Dark” (Porto Alegre / RS), Dônica “Itamonte” (Rio de Janeiro / RJ), Cais “Não te amo mais” (São Paulo / SP), Binarious “Artificial” (Brasília / DF), Natália Carreira “Campos” (Brasília / DF), Clarice Falcão “Bad Trip” (Recife / PE), Davi e Jade Baraldo “De Boa” (Brusque / SC), Bia Doxum, Drik Barbosa, Equilíbrio Sonoro e Família ZL “Crias da Rua” (São Paulo / SP), Xarope MC feat. Djonga “Escritores da Liberdade” (Salvador / BA), Adriana Calcanhotto “O Cu do Mundo” (Porto Alegre / RS), Cleo part. Mano Brown “Melhor Que Eu” (Rio de Janeiro / RJ), Pantaleão “Dora Leão” (Rio de Janeiro / RJ), Bridy “Queda Livre” (Vitória / ES), Henrique da Matta “Marionete Humana” (Belo Horizonte / MG), Mamelungos “Xícaras Cheias” (Recife / PE), Rosa Neon “Fala Lá Pra Ela” (Belo Horizonte / MG).

Quasydarks “Ronda Noturna” (São Paulo / SP), The Zasters “Come See The Band” (São Paulo / SP), Banana Juana “Tentaria Outra Vez” (Campo Bom / RS), Os ToRto “Cérebro Lindo” (Porto Alegre / RS), Os ToRto “Cocô” (Porto Alegre / RS), ToroRoco “Confusão” (ABC / SP), Lucas Paio “Amor Hermético” (Belo Horizonte / MG), Luiza Nis “Proud” (Cuiabá / MT), Akira Presidente “Sem Saída” (Rio de Janeiro / RJ), GAVI “SFCA”  (Vitória / ES), Jota Jr. ft Guercy “Desculpe por ser negro” (Rio de Janeiro / RJ), Paquetá “Tarde em Paquetá” (Canoas / RS), Lâmmia “Pulling Chain” (Rio de Janeiro / RJ), Almost Down “Frisky Breeze” (Goiânia / GO), Santa Morte “A Nova Fábrica do Ódio” (São Paulo / SP), Escória “Lúgubre” (Contagem / MG), Versus Mare “O Enforcado” (Diadema / SP), Petrus  “Preto” (São Paulo / SP), Apto Vulgar “Inimigo” (Jacareí / SP), NETVNO “Chá” (Araraquara / SP), Mc Gra “Resistência” (São Paulo / SP), Varal Estrela “Furacão” (Sorocaba / SP), Matheus Brant “Magrela” (Belo Horizonte / MG), CRIA “Herói Americano” (Rio de Janeiro / RJ), VideoSonic feat. Natascha Miranda “Clockwork” (Campo Grande / MS), Eletroválvulas, “Mary Anne” (Porto Alegre / RS), Sbloom “Sou Feliz e Adeus” (Rio de Janeiro / RJ)


PLAYLIST NO YOUTUBE

Preparamos também uma playlist no Youtube com os 108 videoclipes coletados durante o mês de Novembro. Assim quem quiser ver tudo de uma vez basta apertar o play.



Melhores Clipes NOV


PLAYLIST NO SPOTIFY


Desta forma chegamos a playlist com os clipes independentes lançados no mês de Novembro (2018). Dos 108 vídeos do post, 96 possuem as faixas no Spotify. Muito disso por conta que algumas faixas serão disponibilizadas quando o EP ou álbum forem lançados na plataforma e outros pelo artista/banda não ter material por lá.

-> Siga o Perfil do Hits Perdidos no Spotify <-



Para você, qual o melhor do mês?


2 thoughts on “Os Melhores Clipes Independentes lançados em Novembro + Playlist no Spotify

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s