Os Melhores Clipes Independentes lançados em Outubro + Playlist no Spotify

Ano novo e tempo de mudanças no Hits Perdidos. O ano passado foi marcado pelo grande sucesso dos listões de videoclipes que até deram origem a um estudo super detalhado sobre a produção audiovisual do independente brasileiro.

Desta vez resolvi fazer algumas alterações nos moldes. Teremos mensalmente a lista de melhores clipes do mês, outra de lyric videos e uma terceira de sessions.

Listas 2018

Janeiro
Fevereiro
Março
Abril
Maio
Junho
Julho
Agosto
Setembro

Em Outubro continuamos a parceria com o programa Udigrudi da Play TV, onde o Hits Perdidos seleciona semanalmente alguns videoclipes para aparecer por lá. Inclusive fizemos um guia completo de “Como fazer para seu clipe aparecer na TV?“.

Vários clipes dos listões já tem aparecido na programação. Lembrando que o programa vai ao ar todos os domingos às 20:30h.


UDI 377
Udigrudi 377 que vai ao ar neste domingo (11/11), na Play TV, terá como destaque a Premiere do videoclipe de “Show Love For The Company” do Danger City. Quer fazer a sua conosco também? Entre em contato com o Hits!

Neste mês de Novembro trarei os melhores que saíram no último mês e que merecem destaque. Claro que o listão continua democrático e no fim você encontrará uma playlist no youtube –  e Spotify – com os 68 coletados ao longo do mês.

A produção independente cresce a cada dia que passa e o investimento na divulgação também. Em uma geração em que poucos escutam um disco do começo ao fim, o artifício dos web clipes tem sido uma boa maneira de expor seus trabalhos.

E estes são feitos de todas formas, com alto ou baixo custo de produção. Com ideias mais certinhas a criativas. No fim das contas o que interessa é eternizar aquele momento e expor seu trabalho com a estética que mais convém atrelar a imagem da banda.

Em Setembro inúmeras bandas começaram a divulgar seus curtas promovendo singles antigos ou que estarão presentes em seus futuros álbuns ou EP’s. Reunimos 68 clipes lançados neste mês que mostram alguns dos novos talentos da música independente brasileira. O que impressiona é termos uma média de 2,19 clipes sendo lançados no independente por dia (mesmo em um mês de eleições). Na lista temos 76 artistas de 15 estados.

OS SELECIONADOS TAMBÉM FAZEM PARTE DA PLAYLIST CRIADA ESPECIALMENTE PELO HITS PERDIDOS PARA ETERNIZAR OS VÍDEOS LANÇADOS NESTE MÊS DE OUTUBRO. NOVO ANO PEDE NOVOS FORMATOS DE DIVULGAÇÃO. ALIÁS NÃO DEIXE DE SEGUIR O PERFIL DO HITS NO SPOTIFY!


Trabalhos Espaciais Manuais “Manobra De Dobra Em Urano”



A Trabalhos Espaciais Manuais, de Porto Alegre (RS), no dia 26/10 disponibilizou o intergalático videoclipe para “Manobra de dobra em Urano”.

“Manobra de dobra”, segundo os integrantes, é uma manobra no tempo x espaço, fazendo com que qualquer objeto viaje na velocidade da luz e chegue ao seu destino muito mais rápido do que viajando na velocidade normal.

“A inspiração do clipe é que dentro de Urano a gente encontra seres e um formato que recarrega a bateria da nave, mas a composição toda é como se fosse o tema desse momento que gera a propulsão da velocidade da luz, é essa viagem”, explica João Pedro Sé durante lançamento exclusivo para a Revista Noize

O vídeo dirigido por Matino Piccinini e a banda tem como destaque tanto sua produção futurista – e apocalíptica – como nas reviravoltas de seu roteiro.

“É uma analogia, uma brincadeira. Principalmente por ser uma música instrumental, em que a subjetividade é muito maior, achei necessário uma narrativa, mesmo que subjetiva, que levasse o público até o final, pra que não ficasse uma coisa completamente visual”, comenta o diretor


Violet Soda Friends



Para continuar a promover o EP Here We Go Again (Forever Vacation Records / 2018) o quarteto paulistano Violet Soda no dia 10/10 lançou o videoclipe para “Friends”. O fofo videoclipe que conta a história de amor entre um viralata e um “amigo desconhecido” teve sua animação feita em pixel art por Fabricio Aguiar (16 Bits da Depressão).

“A letra da música fala sobre amor incondicional e a gente compôs pensando na mais pura e verdadeira forma de amor que existe, que é a de um animal pelo seu dono, seu amigo. Naturalmente, quando chegou a hora de fazer o clipe da faixa, queríamos transmitir essa ideia também”, explica Karen.

“A ideia era confeccionar uma narrativa utilizando personagens e cenários com apenas alguns pixels e cores, bem semelhantes aos antigos jogos eletrônicos de 16 bits. Durante o processo produtivo pude perceber que apenas alguns pixels eram suficientes para ilustrar, na medida certa, os eventos do roteiro. Pela verdadeira felicidade está na simplicidade da vida, me sinto muito feliz por ter dado vida a essa simples história de amizade.”, conta Fabricio Aguiar.


Montanee Keep Falling



O quarteto de rock alternativo carioca Montanee no dia 10/10 lançou o videoclipe para “Keep Falling”. Como inspiração o vídeo traz a contemplação da solidão pelas ruas de Los Angeles e uma noite entre amigos no bar.

O registro foi dirigido por Felipe Areias e Rafael Hansen e conta com uma fotografia feita por Artur Medina. A faixa integrará o EP de estreia do projeto que será lançado no ano que vem. O destaque fica por conta da fotografia e edição da obra audiovisual.


André Prando Ode à Nudez



O músico André Prando, de Vitória (ES), no dia 22/10 disponibilizou o videoclipe para “Ode à Nudez”, faixa que também é o primeiro single a ser trabalhado de seu próximo disco que se chamará Voador.

O clipe inclusive foi gravado no litoral do Espírito Santo e faz uma densa reflexão aos tempos sombrios que estamos vivendo. O filme foi dirigido por Diego Locatelli que contou mais sobre o processo.

“O filme foi projetado de acordo com a descoberta que a música propõe. Ao assimilar que estar nu, ou estar vestido, é uma presença de diversas máscaras, o clipe traz personagens que flutuam sobre esses dois estados e propõe que não há lado da razão”

“Como uma tensão do cotidiano, sem a necessidade de explorar a lisergia ou alucinação. Alejandro Jodorowsky , documentários de dança contemporânea como PINA, do Win Wenders,  e a exploração de mundos paralelos como no seriado Twin Peaks, nortearam a construção do cenário extraordinário que se apresenta em ‘Ode à Nudez’”, finaliza o diretor sobre as referências

Os destaques ficam por conta da fotografia, edição, coloração, linguagem e (o bom uso das) metáforas.


5 Mulamba “Desses Nadas” part. Lio Soares



A sensibilidade é um dos grandes destaques do próximo videoclipe da lista. No dia 04/10 foi a vez da Mulamba, de Curitiba (PR), lançar o clipe para “Desses Nadas”, faixa que conta com a participação de Lio Soares.

A canção leva inclusive o mesmo nome do recém lançado álbum de estreia das paranaenses que já tem dado o que falar por aí, este que gravado na Redbull Studios, em São Paulo.

Já o vídeo retrata o relacionamento entre duas mulheres de forma natural, delicada. Por conta da sutileza com que suas cenas foram orquestradas a produção ganha ainda mais brilho. Com equipe formada apenas por mulheres, o vídeo tem direção da dupla Leticiah Futata e Giulia Piovezan, da HAI Studio.

“Gravar esse videoclipe levantou várias questões: sobre amor e amar, respeito e visibilidade, lidar e desconstruir. Desde o início, a ideia da música era falar sobre a história de amor entre duas mulheres, o que elas sentiram e viveram, de maneira honesta, valorizando a relação humana e fugindo do fetiche”descreve a baterista Caro Pisco.

“Até o dia da gravação, rolaram inúmeras conversas com a Caro e com a Amanda (Voz) para a criação de um roteiro que fosse ao mesmo tempo explícito e sutil, que retratasse situações honestas, mas com poesia e que, principalmente, trouxesse uma visão feminina e que fugisse do padrão como o amor entre duas mulheres é comumente retratado.

“Desses Nadas” é um filme todo feito em equipe onde o processo de gravação foi tão importante quanto o resultado final. Conseguimos, juntas, criar um clima de acolhimento dentro do set que, com certeza, transparece no resultado final”, finaliza a diretora Leticiah Futata


Viratempo part. Otto Cura



Após iniciar sua trajetória no Folk, a banda paulistana Viratempo passou por um período de transição e agora abraça elementos de Dream Pop e Trip-Hop que devem aparecer com ainda mais força em seu álbum de estreia.

Mas antes disso eles no dia 22/10 soltaram um ótimo aperitivo do que está por vir com o excelente videoclipe para a faixa título do futuro disco “Cura”. Faixa que conta com a participação do pernambucano Otto.

A direção Direção, fotografia e edição ficaram sob a responsabilidade de Marina Vancini, Misha Collab colaborou na edição e o roteiro e produção foram assinados por Marina Vancini e Viratempo.

O futuro lançamento, ainda em processo de produção, trará inspirações nos universos de artistas como YMA e Mahmundi. A imersão no universo da solidão, temática um tanto quanto Stranger Things e fotografia são os grandes destaques da produção audiovisual.


7 2DE1 “Transe”



Em busca pela liberdade o videoclipe do 2DE1 chega com uma mensagem positiva na lista de clipes de Outubro do Hits Perdidos. Lançado no dia 08/10 o vídeo dos gêmeos paulistas foi dirigido por Alexandre Vianna e coreografado por Pietro Almeida.

Metafórico, o vídeo apresenta duas narrativas simultâneas: um corpo de dança se movendo por um salão, enquanto dois irmãos gêmeos crianças brincam com flores numa sala. As duas cenas compõem assim uma poética comparação sobre as diversas possibilidades de corpos e sentidos que cada pessoa pode desenvolver ao longo da vida.

“‘A canção fala sobre se colocar na frente, sobre deixar fluir quem você é”, comenta Fernando Soares, que compõe a dupla ao lado do irmão Felipe Soares.

“Pensamos o roteiro junto ao Vianna e optamos por utilizar a metáfora das flores. Elas são únicas, só precisamos deixar florir nossa essência. Ao fim, os gêmeos, que eram iguais, só se permitiram ser quem eram e viraram seres diferentes, que somos eu e Felipe na conclusão do clipe”, revela o artista.

Um dos destaques do vídeo além da fotografia é justamente como a discussão é pontual para os dias de resistência que temos vivido.


8 Rodrigo Ogi “Anjo Caído”



Um dos roteiros mais bem elaborados do mês foi escrito por Ênio Cesar e Rodrigo Ogi para “Anjo Caído”. O novo videoclipe do rapper Rodrigo Ogi foi lançado no dia 15/10 tem um tom reflexivo e logo em sua abertura traz um trecho de uma entrevista do escritor João Antônio (morto em 1996) para um programa de TV e faz um paralelo com pensamentos passados em um bar.

A canção faz uma profunda reflexão e disserta sobre sua relação com o álcool. Mostrando seus perigos e ameaças até mesmo para quem consome de maneira “saudável”.

O destaque fica justamente pelas diversas referências tanto na sua poesia como na narrativa, e montagem, do videoclipe que surpreende justamente pela forma que abre o dialogo e estabelece a conexão com o espectador.


9 Karol Conka “Kaça”



No dia 11/10 a curitibana Karol Conka disponibilizou o intenso videoclipe para “Kaça”. A canção é o primeiro single do seu mais novo álbum intitulado Ambulante. A música produzida por Boss in Drama e mostra seu poder de resistência dentro da obra audiovisual.

“Kaça é uma música forte com uma mensagem ácida e direta. É um desabafo sobre o meu cansaço de ver e ouvir a reciclagem do clichê. É sobre me sentir confortável em ser do meu jeito e ser uma caçadora da minha própria evolução, no meu tempo, usando minhas sensações e experiências como referência”, conta Karol


10 Pitaias “Minha Versão”



No dia 10/10 as Pitaias disponibilizaram o vídeo para “Minha Versão”. Inclusive serviu como um aquecimento para o EP homônimo que sai nesta sexta-feira (09/11) e contará com 4 canções gravadas no Museu da Imagem e do Som de São Paulo – via Convocatória LAB MIS Estúdio de Som em 2017 – e também no Estúdio Veredas (São Paulo-SP).

Já o vídeo foi dirigido por Thatiane Almeida, da Vênus Filmes, e contou com uma equipe composta inteiramente por mulheres e foi filmado na Casa Barbosa, no bairro do Bixiga, em São Paulo (SP).

Michele Saraiva ficou responsável pela edição, já a colorização é de Julia Bisilliat. O tema é a liberdade feminina e o vídeo mostra a troca de ideias.

“A energia foi realmente contagiante e muito confortável”, comenta a vocalista Odara.

“Ter um set de filmagem só com mulheres, a gente se sentia livre pra dançar, falar besteira, além de fortalecer o incrível trabalho das profissionais da Vênus Filmes”, completa.


11 Palm Haze “Wildflower”



A banda paulista erradicada no Canadá, Palm Haze, no dia 28/10 lançou o videoclipe para “Wildflower”. O clipe destila as referências de shoegaze / dream pop através de efeitos psicodélicos e alucinantes sobrepostos a um roteiro que abraça a escuridão. A  faixa que estará no próximo disco do grupo, Rève Bleu, teve clipe editado por Lucas Inacio e teve imagens gravadas por Marie Catafesta e Anna Wagner.


12 Jonnata Doll e os Garotos Solventes Pássaro azul



O grupo cearense Jonnata Doll e os Garotos Solventes no dia 11/10 lançou o vídeo para “Pássaro Azul”. O clipe foi dirigido e editado por Dellani Lima que também assina a produção ao lado da banda. Como destaque o vídeo conta com a participação da bailarina Sylvia Aragão


13 El Toro Fuerte “Fim do Inverno”



O sempre ótimo quarteto mineiro, El Toro Fuerte, no dia 23/10 nos presenteou com o videoclipe para “Fim do Inverno”. Canção que estará presente no álbum Nossos Amigos e os Lugares que Visitamos e que teve composição assinada por Fábio de Carvalho, que também foi o responsável pela direção e fotografia do clipe.

O vídeo destaca a simplicidade das relações humanas e as trocas de energias entre amigos, assim como o nome do futuro disco sintetiza, de uma maneira leve e com uma fotografia com tons apaziguadores. Celebrando assim a graça dos pequenos momentos da vida.


14 Leo Fazio “Cobra-Coral”



A poesia e a simplicidade são os destaques do primeiro videoclipe solo de Leo Fazio, do Molodoys. Produzido pelo próprio artista, e com tom intimista que navega por cores avermelhadas, o simples vídeo mostra todo poder de sua composição introspectiva – e potente. Feito o veneno de uma cobra ele destila seus acordes e viagens.


15 República Popular Amazônida (part. David Assayag)



No dia 18/10 a banda República Popular, de Manaus (AM), lançou a ótima animação para “Amazônida”, faixa que conta com a participação de David Assayag, um dos principais nomes do Festival Folclórico de Parintins no item levantador de toadas.

“Eu precisava, de alguma maneira, encaixar ‘orgânico por inteiro’ em alguma canção, depois de uma noite inteira sonhando com alguém quase que me intimando a fazer isso. A figura típica do caboclo singrador de rios surge instintivamente, uma vez que as raízes nos levam pra isso.

Dessa figura, parte o desejo infindável de tornar o mundo mais amazônico em suas cores, causas, pluralidade. Gravar a canção foi dar vida e atmosfera a esses versos”, conta o compositor Igor Lobo

A direção ilustrações, animação e montagem foram realizadas pelo Estúdio Montanha-Russa. Já o roteiro foi feito em parceria entre a banda e a equipe do estúdio.


Outros videoclipes

Além dos 15 eleitos como melhores do mês nas playlists do Youtube e Spotify vocês poderão encontrar os clipes dos artistas e bandas:

Ted Marengos “Drifiting Off The Top Of The World” (São Paulo / SP), Samuca e a Selva “Detergente” (São Paulo / SP), Rincon / Bk / Rael / Emicida / Djonga / Mano Brown “O Céu é o Limite” (São Paulo / SP), Zimbra “Me Mude” (Santos / SP), Canto Cego “Eu Não Sei Dizer” (Rio de Janeiro / RJ), Scalene e Francisco El Hombre “Clareia” (Brasília (DF) e Campinas (SP), Braza “Liquidificador” (Rio de Janeiro / RJ), Cambriana “Manaus” (Goiânia / GO), Sound Bullet “Atlas” (Rio de Janeiro / RJ), Emicida e Fióti “Rap do Motoboy” (São Paulo / SP), Molho Negro “O Jeito de Errar” (Belém / PA), Luedji Luna “Noites de Salvador” (Salvador / BA), Esteban Tavares “Primeiro Avião” (Acústico) (Porto Alegre / RS), Elza Soares “O Que Se Cala” (Rio de Janeiro / RJ), Terra Mãe “Criança” (Campinas / SP), Mattilha & Sioux 66 “Sem Tempo Ruim” (São Paulo / SP), Jimmy & Rats “Escárnio” (Rio de Janeiro / RJ), Cine Sinistro “Sussurros” (Rio de Janeiro / RJ), Devilish “Tonight Alright” (São Paulo / SP), Bad Canadians “Either Late or Later” (São Paulo / SP), PROJECT46 “Rédeas” (São Paulo / SP).

Carbônica “Inflamável” (Guarulhos / SP), Big Up “Deixa o Amor” (São Paulo / SP), Little Room “Funny Feeling” (Rio de Janeiro / RJ), MANTRE “Ápice do Prazer” (Aracaju / SE), Lulu Santos “Hoje em Dia” (Rio de Janeiro / RJ), Los Marias “Não Vá” (Passo Fundo / RS), Froid “Colibri” (Brasília / DF), Suco Elétrico “Até Onde” (Porto Alegre / RS), Suco Elétrico “Aproveite” (Porto Alegre / RS), Café Preto “120 Km” (Recife / PE), Oriente “Brasil Colônia” [Nissin, Fábio Brazza , Sant, Sid, Gog] (Niterói / RJ), Riot Rodriguez “Hard Luck Stories” (Santos / SP), Juliano Guerra “O Sonho” (Canguçu / RS), Bocaum, Leoni, Adikto, Axant, Mary Jane, Vk Mac & Dudu “Primavera Fascista” (Espírito Santo), Froid “Bilhete I” (Brasília / DF), Froid “Bilhete III” (Brasília / DF), Slam das Minas part. Drik Barbosa “Trincheira” (São Paulo / SP).

Mil Pássaros Dançando “Céu de Chão” (São Paulo / SP), Mateus Carrilho  “Não Nega” (Goiânia / GO), Gustavo Cunha “grão” (Pelotas / RS), CRONIXTA “Taxi Driver” (Belém / PA), Megalomaníacos “Flashback” (Cascavel / PR), 1Kilo “A Hora Certa” (Rio de Janeiro / RJ), Tiago Rosas “É o homem” (Rio de Janeiro / RJ), El Kaboing “Guerra Civil” (Joinville / SC), TIER “Homem Ao Chão” (São Paulo / SP), Leso feat. Japinha “Não vou revidar” (Serrana / SP), InRaza “Sociexit” (São Paulo / SP), Tosco “Cenário de Chacina” (Santos / SP), Yzalú | Gabi Nyarai | Alinega | Meg Tmthc | Sistah Chilli | Monna Brutal “PSICOPRETAS VOL. 2” (São Paulo / SP), Pfink “Hégira” (Salvador / BA), Xana Gallo “Despertar” (Pelotas / RS).


PLAYLIST NO YOUTUBE

Preparamos também uma playlist no Youtube com os 68 videoclipes coletados durante o mês de Outubro. Assim quem quiser ver tudo de uma vez basta apertar o play.



Melhores Clipes OUT18


PLAYLIST NO SPOTIFY


Desta forma chegamos a playlist com os clipes independentes lançados no mês de Outubro (2018). Dos 68 vídeos do post, 62 possuem as faixas no Spotify. Muito disso por conta que algumas faixas serão disponibilizadas quando o EP ou álbum forem lançados na plataforma e outros pelo artista/banda não ter material por lá.

-> Siga o Perfil do Hits Perdidos no Spotify <-



Para você, qual o melhor do mês?


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s