No ano passado fiz um post por aqui com 20 bandas australianas e de fato chamou bastante a atenção dos leitores. Daquela vez eu fiquei pesquisando durante uma madruga e o resultado acabou abraçando uma cena de rock que passeava pelo punk, hardcore, psicodelia e rock alternativo.

Desta vez optei por fazer diferente. Como sabem bandas do mundo inteiro acabam entrando em contato com o Hits Perdidos e numa dessas trocas de e-mails conversei com o Stratos Psilos, de Atenas. Papo vai, papo vem, pedi para que ele recomendasse bandas gregas que deveríamos conhecer. O resultado você vê logo abaixo.

1 1000mods (Chiliomodi, Peloponeso)



A 1000mods é uma banda grega da aldeia de Chiliomodi, que fica na região no leste da Coríntia, Peloponeso. Na ativa desde 2006 o quarteto funde em seu som rock psicodélico e stoner rock, entre suas influências eles citam grupos como The Black Keys, The Black Angels, Graveyard, Brant Bjork, Colour Haze entre outros. O álbum mais recente da 1000mods, Repeated Exposure To…, está disponível no Spotify.

2 Bazooka (Vólos, Tessália)



O quinteto Bazooka, de Vólos (Tessália), cidade cerca de 326 km ao norte de Atenas e 215 km ao sul de Tessalônica, faz uma fusão muito doida entre psicodelia, punk rock e garage rock. A banda completou 10 anos neste ano tem se destacado inclusive fora da Grécia por seus shows um tanto quanto explosivos.

3 The Noise Figures (Atenas, Ática)



Direto da capital grega, Atenas, o duo The Noise Figures composto por George Nikas (Vocais, Bateria) e Stamos Bamparis (Guitarra, Vocais) segundo eles próprios fazem um fuzz rock garageiro psicodélico direto e reto. Aliando experiências pessoais e espiritualismo eles lançaram em março o álbum Telepath. Stratos inclusive trabalha diretamente com eles na assessoria de imprensa.

4 Acid Baby Jesus (Atenas, Ática)



Na ativa desde 2009 outro destaque da lista é a Acid Baby Jesus que particularmente eu acredito que agradará fãs de The Stooges, Brian Jonestown Massacre, The 13th Floor Elevators, The Oh Shees, Wavves, The Cramps, Dead Moon e FIDLAR. Por misturar garage rock, psicodelia sessentista, folk do leste europeu e rock’n’roll. O álbum mais recente é Lilac Days.

5 The Callas (Atenas, Ática)



A The Callas é um coletivo/banda que produz música, filmes, revistas, eventos, shows de arte entre mil e outras utilidades. Em sua linha de frente eles contam com Aris (Guitarra,Vocais), Lakis (Baixo, Vocais) Ionas, Chrysanthi Tsoukala (Guitarra, Vocais) e Marilena Petridou (Bateria).

Eles que já lançaram dois discos Am I Vertical? e Half Kiss, Half Pain (Inner Ear) que foram produzidos por Jim Sclavunos (Nick Cave & The Bad Seeds, Lydia Lunch, The Cramps).

Atualmente eles tem trabalhado em um novo álbum, desta vez em parceria com o Lee Ranaldo (Sonic Youth), Trouble And Desire, este que sairá na sexta-feira (26/10) via Dirty Water Records e Inner Ear mas que você já pode ouvir aqui alguns singles.

6 CHICKN (Atenas, Ática)



Uma das bandas mais criativas e alinhada com o momento do hibridismo musical que estamos vivendo nos quatro cantos do planeta é a CHICKN de Atenas. Agradará facilmente a fãs de bandas como King Gizzard & The Lizard Wizard, Captain Beefheart, Frank Zappa, T.Rex justamente por entrar de cabeça nas décadas de 60 e 70.

O sexteto em maio lançou seu segundo disco, WOWSERS!, que faz uma esperta fusão entre rock progressivo e psicodelia.

7 A Victim Of Society (Atenas, Ática)



Uma das escolhas mais frenéticas da lista é o quarteto A Victim Of Society que em seu som faz uma macabra mistura de ritmos como garage rock, surf rock, lo-fi e psicodelia. No ano passado eles lançaram o LP Freaktown via Inner Ear.

8 Whereswilder (Atenas, Ática)



Fazendo uma mistura entre rock psicodélico, classic rock e rock progressivo que aparece por aqui também é a banda Whereswilder, de Atenas. Em março inclusive eles lançaram o álbum Hotshot. Eles até dizem que recomendam que você ouça o disco deles enquanto você pega uma estrada. É, faz sentido.

9 Deaf Radio (Atenas, Ática)



Para os amantes do desert rock / stoner rock temos outra dica na lista, a Deaf Radio de Atenas. Na ativa desde 2015 em janeiro do ano passado eles lançaram seu álbum de estreia, Alarm. Tendo esgotado seu estoque de discos nos primeiros três meses, e sendo considerado um dos melhores álbuns gregos do ano, atualmente eles tem excursionado pela Europa.

10 Tango with Lions (Atenas, Ática)



Bravo! Que grata surpresa poder conhecer o trabalhado da Tango with Lions. Formado em 2007 por Katerina Papachristou (voz, piano, guitarra, harpa, baixo), o grupo ateniense já lançou três discos: Verba Time (2010), A Long Walk (2013) e The Light (2018). A canção acima com certeza irá melhorar seu dia.

11 Jef Maarawi (Atenas, Ática)



Fundindo folk e rock o músico greco-brasileiro Jef Maarawi tem se destacado no cenário de Atenas. Não é difícil acertar o porque já que as belas melodias, espiritualidade e arranjos de fato trazem boas energias. O vídeo acima inclusive foi filmado em Salto do Pirapira (SP), seu mais recente disco chama-se Comfort Food.

12 Baby Guru (Atenas, Ática)



Explicar o som da Baby Guru é de longe uma das tarefas mais fáceis. Já que como eles mesmos dizem: a banda está em constante mutação. Eles amam Kraut Rock, melodias pop, psicodelia, pop barroco, ritmos africanos mas não conseguem se desconectar de influências de proto-eletrônica, garage punk e isso faz do som deles um tanto quanto dadaísta. Talvez exatamente por isso mereça o seu play.

O álbum mais recente da banda leva o nome de Marginalia. Já seus integrantes assinam seus codinomes como: Prins Obi, King Elephant, Sir Kosmiche e Kon Kon, o que talvez ajude a explicar toda essa viagem.

13 Tuber (Serres, Macedónia)



Caminhando pela música instrumental, unindo elementos darks a eletrônicos o som da Tuber, de Serres, sul da Grécia, surpreende a fãs de Kraftwerk e Depeche Mode por seu tom vibrante, despojado e imerso na discoteca. Como eles mesmos dizem: rock de caverna.

14 Planet Of Zeus (Atenas, Ática)



Talvez essa seja a banda da lista mais conhecida pelos brasileiros. O som da Planet of Zeus tem elementos de heavy metal e southern rock, e influências de artistas como Lynyrd Skynyrd, Mastodon, The Allman Brothers Band, Queens of the Stone
Age, AC/DC e Clutch. Na ativa desde 2000, tendo feito já cinco turnês européias, a banda de Atenas conta com quatro álbuns, sendo o mais recente Loyal to the pack.

15 Electric Litany (Corfu, Ilhas Jônicas)



Apesar de seu vocalista, Alexandros Miaris, ser grego a banda Electric Litany atualmente está alocada em Londres (UK). Tendo influências de post-punk, rock experimental, lo-fi e carregando poderosos synths o som é sombrio e agradará a ouvintes mais gelados.

16 Gravitysays_i (Atenas, Ática)



Outra sombria da lista mas que com certeza agradará a sinewavers e fãs de Nick Cave é a Gravitysays_i, de Atenas. Seu som é experimental, eletrônico, progressivo, post-punker, é denso e viaja por frequências mais tortas. A banda está na ativa desde 2003.

17 The Last Drive (Atenas, Ática)



Se a lista até aqui estava pautada em nomes da cena recente grega até o momento viemos trazer veteranos para a frente do front. A The Last Drive está na ativa desde 1983 e são considerados como uma das lendas do garage rock grego. Em abril, após uma turnê acústica de dois anos, eles lançaram o quinto álbum de sua carreira.

18 Naxatras (Tessalônica, Macedónia Central)



A banda de rock psicodélico Naxatras está na ativa desde 2012 e carrega em suas veias o peso, e as influências, do rock dos anos 70. A experiência de ouvir o som da banda é de fato é bastante energética, e sensorial, como podemos conferir no vídeo.

19 Nightstalker (Atenas, Ática)



A Nightstalker também é uma das bandas veteranas da lista. Formada em 1989 em Atenas, eles contam em sua formação com Argy (Vocais), Andreas Lagios (Baixo),
Tolis Motsios (Guitarras) e Dinos Roulos (Bateria). Seu som tem influências de artistas como Motorhead, Black Sabbath e Frank Zappa – e passeia por estilos como rock’n’roll, Heavy Metal e Stoner Rock.

20 Villagers of Ioannina City (Janina, Epiro)



A experimental, Villagers of Ioannina City, traz em sem som fortes influências de folk grego, post-rock, psicodelia e rock’n’roll. O som é no mínimo exótico e agradará a pesquisadores da música folk/cigana.

(BÔNUS) 21 The Contenders (Atenas, Ática)



Nos últimos dias recebi uma mala-direta do selo norte-americano Paper + Plastic com o som da The Contenders de Atenas. Pelo que soube o septeto começou como um projeto paralelo de dois amigos, em Vathis Square (região central da cidade), em 2014, e eles fundem em seu som influências de clássicos do soul como Sam Cooke e Otis Redding ao Ska e Rocksteady. Ou seja o som deles é um Ska Funk de muita classe.

A faixa estará presente no EP Jes Grew que será lançado nesta sexta-feira (26/10).

Playlist no Spotify

Depois de tantas dicas é claro que não deixaríamos vocês sem uma playlist para ouvir no Spotify. Sendo assim, confira as novidades e espero que alguma delas entre em suas futuras playlists.

—-> Siga o Hits Perdidos no Spotify  <—-



This post was published on 23 de outubro de 2018 11:10 am

Rafael Chioccarello

Editor-Chefe e Fundador do Hits Perdidos.

View Comments

Posts Recentes

Virada Cultural 2022 apresenta programação descentralizada nos dias 28 e 29/05; confira a programação completa

A abertura da Virada Cultural 2022 acontece às 17h do sábado (28), com apresentação do…

20 de maio de 2022

Jair Naves apresenta lado mais experimental em “Ofuscante a beleza que eu vejo”

O quarto disco da carreira solo do músico, cantor e compositor Jair Naves, Ofuscante a…

20 de maio de 2022

brvnks revela o lado doce e o amargo do amadurecer em “meet the terrible”

Após lançar Morri de Raiva (2019) pela Sony Music, a goiana brvnks após divulgar no…

20 de maio de 2022

Lançamentos Nacionais: Maglore, Glue Trip, Luna França, OZU, Julia Baumfeld, Giovanna Moraes e Bola

Aqui no Hits Perdidos voltamos com a coluna de lançamentos nacionais, afinal de contas, maio…

20 de maio de 2022

Lista das Listas 2021: conheça quais são os 45 discos mais citados pela crítica brasileira no último ano

Lista das Listas 2021, revela quais são os 45 discos mais citados pela crítica musical…

19 de maio de 2022

Tom Misch em Porto Alegre; show acontece na sexta-feira (20/05) no MITA Day

Tom Misch em Porto Alegre, inglês se apresenta no dia 20/07; garanta o seu ingresso…

19 de maio de 2022

This website uses cookies.