Jota Quércia une todas as tribos em “Memes Against The Machine”

Que o diabo os carregue! Não consigo lembrar exatamente em qual encruzilhada estava ou em que dia ruim da cabeça me encontrava quando dei o play pela primeira vez no som do Jota Quércia.

Primeira coisa que disse foi: “Que caralho de nome era esse?”. Meio Jota Quest, meio Quércia, um político com uma trajetória meio “torta” dentro da política brasileira. Mas toda essa bizarrice e falta de boas maneiras que talvez tenha feito essa tragédia acontecer.

Fato é que eu cheguei no bandcamp dos caras e me deparei com canções com nomes esdrúxulos como: “Luciano Huck eu te Amo”, “MIMIMI” e “Eymael e seus Democratas Cristãos”.

Daí que dei o play e cai na gargalhada tanto pelas piadas, como pela malemolência de toda a conjuntura. E não, o som tem todo ar de bagunça mas não é gravado de qualquer maneira. As referências passeiam pela cultura pop, política, botecagem e várias “tretas”.


Jotaa
O novo disco do Jota Quércia chega para estrelar nas listas do Reddit. – Foto Por: Mariana Bastani 

Nascido em Belo Horizonte (MG), o duo se reergueu dos escombros da banda punk Cães do Cerrado em 2015. Em sua formação eles contam com Malibu (Bateria / vocal) e Pepo (Guitarra e Vocal).

Para definir seu som eles não titubeiam e dizem na lata: “roque suado e escorregadio para o delírio dos usuários de drogas recreativas da classe média belorizontina.” Se eles tão falando quem sou eu para discordar.

Após lançar em 2016 Nossa Relação é Estritamente Profissional (2016), na semana passada eles disponibilizaram nas plataformas digitais o álbum Memes Against the Machine (2018). Disco que será lançado neste sábado (19) na Matriz, em noite que terá também show da banda Aldan e do músico Vitor Brauer.

Sobre suas apresentações os músicos deixam claro e colocam os pingos nos is: “Costuma agradar os ouvidos de todos que potencialmente ficarão surdos antes dos 40 anos de idade. Definitivamente os shows são o que a banda tem de melhor, o que já dá uma ideia da ineficiência e precariedade nos outros quesitos.”

Jota Quércia – Memes Against The Machine (05/05/2018)

O nome do disco mostra muito ao que eles vieram: memes, desordem, TV Fama, amenidades, conversas de boteco, atirei o pau no gato, zombaria, Dinho Ouro Preto, “helicoca”, Lava Jato e decadência.

Funciona como tirar da timeline de algumas páginas “Full Plebian’s” e transformar toda essa baderna em refrões que vão contra as normas de convivência de uma família de bem. Tudo com aquele padrão de qualidade já conhecido dos fãs do duo.



Cada estado tem seu “bandido de estimação” já diria o dito popular. O de Minas Gerais claramente anda ultimamente um pouco mais encrencado do que os demais, e não foi pelo helicóptero em si, e sim por outros “esquemas”.

Em “Meu Mineirinho” que abre o disco eles declaram seu “amor” pelo tal sujeito. Tudo isso com aquela língua que “queima” só de falar sobre seus luxos – e famous friends. O AP polêmico, a fazenda da maracutaia e seus parentes famosos ali todos citados.

A genialidade é o trocadilho com os termos “carreira” com duplo sentido e suas famosas “festinhas” regadas a branquinha. Não sobra nem para Gilmar Mendes e muito menos pro fato de ter mandado “apagar” o delator. O não admitir em momento algum a derrota de 2014 também ganhou verso muito bem encaixado.

Claro que a famosa amizade com o Luciano Huck também não ia passar batido no meio dessa sucessão de elogios carinhosos. Tudo isso sendo contado com um instrumental que flerta com o stoner rock e belisca o rock de garagem.

“Duque Eu” já chega toda trevosa com acordes de doom metal / stoner logo em sua introdução. Essa que já brinca com a lava jato e o ex-tesoureiro do PT que comandava um esquema e foi pego pela operação. Com doses de ironia, eles querem mesmo que o circo pegue fogo.

Não sobrou nem para o “Chico do Bento”! A história toda é para explanar em si a corrupção de uma famosa mineradora e como tudo virou um grande lamaçal de tramóias e destruição. O interessante desta faixa é justamente sua narrativa e construção para no fim entregar seu tema.

Abrace o capeta e faça memes. É a mensagem que fica em “O Tiro”, que é ver a barca desandar, a casa pegando fogo, o meteoro destruindo a cidade toda mas “que se exploda”, bora fazer memes e rir da nossa própria desgraça. Eleições estão ai, vamos nessa. Uma tela no photoshop e outra logada no facebook.

Vocês acharam mesmo que o telefonema do Jucá ia ficar de fora deste belo / horrendo disco? Se o papo é lava jato, claro que ninguém ia ser perdoado no tiroteio de “Um Grande Pacto Instrumental”.

A faixa mistura riffs crus de punk rock a áudios de escutas. Estas que são sobrepostas como plano de fundo para a barbárie. Como Temer diria: “Pode manter isso”.

Que Topíssimo, mêo! A mediocridade da direita festiva – e paneleira – é ironizada na escrachada “O Papa é Top”. Confesso que nunca imaginei um stoner falando TOP e assassinando tantos clichês. Agora fiquei com TOP na cabeça, madição!

Celebridades passando vergonha não é uma grande novidade. E convenhamos não é porque é famoso que necessariamente a opinião é decente e as atitudes são dignas de estampar a capa de uma revista.

E o que mais vemos em época de eleição é uma carreata de celebrigatxs subindo em palanques e posando ao lado de políticos um tanto quanto “questionáveis”, ai o saldo de um dinheirinho a mais na conta (sdds inclusive). “Minha Opinião” escancara essas opiniões polêmicas, racistas, homofóbicas, justiceiras e autoritárias de muitos que acabam abrindo a boca… mas que parece que estão dando a descarga.

O coro volta a comer em “Balada Hétero”. Aliás que música necessária, meu deus. A descrição do comportamento do maldito homo sapiens quando vai em “bando” para peregrinar em uma balada – e ativa o modo caça – é descrito com precisão. Eu dei risada para caramba com a tirada de onda com riffs que me remetem ao Queens Of The Stone Age sendo entoado na pista. Uma salva de palmas para as verdades ali ditas.

Eu ainda não acredito que eles ressucitaram um dos memes mais queridos do Brasil, “Lasier Martins e as Uvas Elétricas”. Por onde será que anda este HOMEM? Quem tiver uma foto com a lenda basta levar no show de lançamento que ganhará um presente da banda.

Mas é claro que a melhor (ou pior dependendo do seu ponto de vista), iria fechar o álbum. Eles foram logo invocar a entidade que assim como o NORVANA uniu todas as tribos. Ele mesmo, cara! Cara se não sabe o que aconteceu, cara, cara, cara!

Isso mesmo Dinho Ouro Preto ganhou um evangelho ou melhor, “evongelho”. “O Evongelho Segundo Dinho Ouro Preto” também resgata outro “guerreiro” do rock nacional, Tico Santa Cruz. Com direito a paródias de canções, trocadilhos infames e algazarra sem limites. No melhor estilo “We Are The World” o disco se encerra.


MEMES


Você tem duas opções quando pega para ouvir um disco como Memes Against The Machine: ou você simplesmente vê a piada pela piada ou você pega a crítica social por trás da mensagem. Se você gosta de Os Pedrero, se diverte com DFC e gosta de Fodastic Brenfers com certeza vai pegar o espírito da coisa e rir com as piadas envolvendo Dinho Ouro Preto, Aécio Neves, Luciano Huck, Baladas Hétero e o mundo TOP. Abraça o capeta e aperta o play.

Festa de Lançamento

A festa de lançamento acontece nesse sábado (19/05) na Matriz. A noite ainda contará com shows da Aldan e do Vitor Brauer além de discotecagens, roda de conversa e venda de merch.


Poster


Serviço:
Data: 19 de Maio – Sábado
Horário: 17h
Entrada: R$20
Local: Matriz – Rua dos Guajajaras, 1353 – Barro Preto
💬 Roda de Conversa
Shows💩 Jota Quércia / 🌝 Aldan / ⚠️ Vitor Brauer
SETS: DJs Babi Bowie (da Rebucetexas) e Gobbi (da Karaokente)
Antecipados: R$10  pelo sympla até sexta-feira dia 18.
Evento

Quem contribuiu com o financiamento pelo catarse, pode aproveitar e pegar sua recompensa. Estarão a venda também CD’s e das camisas. Todos os apoiadores que contribuíram com R$100,00 ou mais, terão 1 cortesia, e os nomes estarão na entrada do evento.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s