Os 25 anos do Pato Fu

Em 2017 a banda mineira Pato Fu completa 25 anos trazendo na bagagem 10 discos de estúdio, 2 discos ao vivo, 5 DVDS e 34 singles. Pensando nisso, Rafael Chioccarello (Hits Perdidos) e João Pedro Ramos (Crush em Hi-Fi) decidiram criar seu segundo tributo em parceria, “O Mundo Ainda Não Está Pronto”, homenageando a criativa e divertida banda mineira.

Nada como seguir o exemplo dos Patos e criar versões desconstruídas e inovadoras, assim como fizeram em repaginações de hits como “Eu Sei” do Legião Urbana, “Qualquer Bobagem” dos Mutantes e “Eu”, da Graforréia Xilarmônica.

Em 1992, Fernanda Takai (vocal e guitarra) frequentava uma loja de instrumentos musicais e lá fez amizade com dois funcionários, John Ulhoa (vocal e guitarras) e Ricardo Koctus (vocal e baixo). Surgia o Pato Fu, trio que abusava do experimentalismo pop com influências que iam da psicodelia ao punk rock, passando pela new wave, bossa nova e rock and roll. “Fazemos muitos sons diferentes, mas, no fim, podemos dizer que somos uma banda do universo pop, que vai de Beatles a Sepultura. Tudo isso vale”, explicou John Ulhoa.

Pato Fu completa 25 anos em 2017. – Foto: Divulgação

A Trajetória

Desde então, a banda só cresceu, lançando os discos Rotomusic de Liquidificapum (1993), Gol de Quem? (1995), Tem Mas Acabou (1996), Televisão de Cachorro (1998), Isopor (1999), Ruído Rosa (2001), Toda Cura Para Todo Mal (2005), Daqui Pro Futuro (2007), Música de Brinquedo (2010) e Não Pare Pra Pensar (2014) e colecionando hits como “Sobre O Tempo”, “Perdendo Dentes”, “Canção Pra Você Viver Mais”, “Pinga” e muitas outras. Hoje, a banda conta também em sua formação com Glauco Mendes na bateria e Richard Neves nos teclados.

A coletânea, O Mundo Ainda Não Está Pronto, reúne diversos artistas do cenário independente nacional dando seu toque em versões para as canções do Pato Fu, as recriando em passeios por estilos como rock, tecnobrega, forró, rap, MPB, folk, stoner rock, psicodelia, experimentalismo…

Participam do tributo os artistas:

Antiprisma (São Paulo/SP), Berg Menezes (De Recife/PE mas vivendo em Fortaleza/CE), Capotes Pretos na Terra Marfim (Fortaleza/CE), Der Baum (Santo André/SP) , Djamblê (Limeira/SP), Eden (Salvador/BA mas vivendo em São Paulo), Dum Brothers (São Paulo/SP), Estranhos Românticos (Rio de Janeiro/RJ), FELAPPI e Marcelo Callado (Rio de Janeiro/RJ), Floreosso (São Paulo/SP), Gabriel Coelho e Renan Devoll (São Bernardo do Campo/SP)

Gilber T e os Latinos Dançantes (Rio de Janeiro/RJ), Horror Deluxe (De Pouso Alegre (MG) mas vivendo em Taubaté/SP), João Perreka e os Alambiques (Guarulhos/SP), Lucas Adon (São Paulo/SP), Lerina (Santo André/SP), Mel Azul (São Paulo/SP), Molodoys (São Paulo/SP), Paula Cavalciuk (Sorocaba/SP), Pedroluts (São Paulo/SP), Serapicos (São Paulo/SP)

Silvia Sant’anna (São Paulo/SP), Subcelebs (Fortaleza/CE), The Cabin Fever Club (São Paulo/SP), The Outs (Rio de Janeiro/RJ), Theuzitz (Jandira/SP), TucA e Thaís Sanches (Campina Grande/PB mas vivendo em Belo Horizonte/MG), Valciãn Calixto (Teresina/PI), Venus Café (de Volta Redonda/RJ mas vivendo no Rio de Janeiro/RJ)Yannick com Camila Brumatti (São Paulo/SP).

Arte Gráfica

A arte da capa, inspirada nos robôs gigantes do clipe de “Made In Japan”, foi feita pelo designer Pedro Gesualdi, que também é músico e atualmente toca nas bandas DERCY, Japanese Bondage e Danger City. Não deixe de conferir mais informações sobre o projeto no site oficial do tributo.

Ouça e aproveite para conhecer também o trabalho autoral dos 30 artistas da coletânea!



UPDATE

No dia 11/06/2018 a cantora Paula Cavalciuk disponibilizou o clipe para sua versão de “Canção Para Você Viver Mais” com imagens registradas durante um divertido passeio no shopping. O vídeo foi editado por Fernanda Teka que também participa do clipe.



Na época Yannick também gravou um clipe para a Coletânea



Clipping

Veja algumas das matérias que fizeram a cobertura do lançamento da coletânea que comemorou os 25 anos do Pato Fu.

G1 – Globo
O Estado de São Paulo – Estadão
Jornal Correio Braziliense
89 FM – A Rádio Rock
Diário de Pernambuco
Diário do Nordeste
Tenho Mais Discos Que Amigos
Scream & Yell
A Tribuna de Santos
Obvious Mag

Rafael Chioccarello

Editor do Hits Perdidos, organizador dos Tributos aos Titãs, Pato Fu e Autoramas. Parceiro da Mutante Radio, Spotify e Curador do UDIGRUDI, programa de videoclipes da Play TV. Nas horas vagas pesquisa sobre música e tenta assistir a maior quantidade possível de shows. Siga o Hits no Instagram: @hitsperdidos

View Comments

Recent Posts

As Melhores Live Sessions | Julho (2021)

As Melhores Live Sessions | Julho (2021) O Que São Live Sessions? Live Sessions tem…

30 de julho de 2021

O “Comingback” do Parcels é uma das melhores notícias de 2021

Parcels revela “Comingback”, segundo single do 1° álbum de inéditas desde 2018  Os australianos do…

28 de julho de 2021

TikTok e ECAD fecham contrato para pagamento dos direitos autorais

Não é de hoje a polêmica da arrecadação dos direitos autorais por parte do TikTok.…

28 de julho de 2021

Terno Rei vai do Inferno ao Paraíso no clipe para “Medo”

Que o Terno Rei tem planos de lançar os primeiros singles do sucessor de Violeta,…

27 de julho de 2021

No clima das Olimpíadas 2021: Conheça artistas do cenário musical de Tóquio

Com a chegada das Olimpíadas 2021 o mundo volta os olhos para Tóquio onde durante…

26 de julho de 2021

Músico faz medley bem humorado para clássicos do emo dos anos 2000

O músico e Youtuber fez uma paródia para clássicos do emo dos anos 2000 Acidentalmente cai…

23 de julho de 2021

Este site utiliza cookies para melhor personalização para você.