Troublemaker mostra o melhor do “Lado B MTV” em seu EP de estréia

Arte: por Johann Vernizzi Lançado via: Dinamite Records
Arte: por Johann Vernizzi
Lançado via: Dinamite Records

Nesta terça-feira (27.05), a banda paulistana Troublemaker lançou seu primeiro EP Sheep.

Este que teve pré produção iniciada a 8 meses. Nele foi despejado muito suor e vontade de extrair o melhor do grupo. Tanta vontade que o vocalista Guilherme Maia, que também é dono do Dinamite Studios, passou diversas noites em claro mixando o som para alcançar a sonhada ”perfeição”.

Completam a banda: Fábio Frank (Guitarra/Voz), Vítor Cunha (Baixo/Voz) e Lucas Faria (Bateria).

Ouvindo o som é fácil perceber influência de bandas como: Nirvana, The Sonics, Ty Segall, Sonic Youth, Black Sabbath e Sunny Day Real Estate. Ou seja, só coisa ”fina” e do mais alto calibre dentro do cenário underground. Pra quem via o programa Lado B da extinta MTV Brasil ou acompanhava os tempos áureos da rádio Brasil 2000 durante os anos 90, o EP é um prato cheio.

Não precisa nem falar que o som dos caras já tinha me despertado a atenção antes mesmo do lançamento do primeiro EP. Não perdi tempo e fiz questão de colocá-los na primeira edição da coletânea Rock Falido: Uma coletânea de Rock Independente Nacional.

Com 5 faixas, o EP de te deixa com gostinho de quero mais.

A faixa que abre o disquinho é Pulse:

Ao tocar das sirenes, a banda entra com um som rasgado e garageiro na melhor linha foda-se rock’n’roll dos anos 90: grunge, sujo e despretencioso.

A segunda canção é Drive Me Crazy:

Nesta você já nota aquela pegada hipnótica da influência do som do Black Sabbath e gritos desesperados típicos de uma canção de amor. Tudo com aquele aspecto lo-fi que deixa o som ainda mais interessante e sem frescura. No melhor estilo DIY.

A terceira música é Suspicious:

Esta que você pode conferir na coletânea do Anchor Mixtapes em versão de pré produção, sim, pros tarados por demos cola lá e dá um confere. Porém a versão finalizada é claramente superior e mais carregada. Cheia de solos rasgados a música é chiclete e fica na cabeça após o segundo refrão.

A quarta faixa é Guess Who:

Nesta que já rola notar a influência de bandas do calibre de Mudhoney e The Melvins. Derrete e desce feito uma dose de Dreher. Coitada de quem seja a Mary Jane citada na música, diga-se de passagem.

A quinta música e que fecha o disquinho é Stone Cold:

A preferida de Guilherme e que segundo ele teve todo um cuidado especial. Nela ele ainda afirma que a música começa com uma introdução inspirada pelo emos do Sunny Day Real Estate e que acaba derretendo quando choca-se com outra influência marcante no som dos caras: Black Sabbath.

Dá gosto de ver bandas que enfrentam todas as dificuldades e carregam o lema do DIY á ferro e fogo sem desistir de fazer um som de qualidade e principalmente: transparecendo verdade.

Curtiu o som dos caras?

Neste domingo (01.06) eles fazem o show de lançamento do EP ao lado de outra banda que vale a pena conhecer: a Sky Down.

Confira mais informações aqui.

Arte por: Giuliano Di Martino
Arte por: Giuliano Di Martino
Advertisements

2 thoughts on “Troublemaker mostra o melhor do “Lado B MTV” em seu EP de estréia

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s